MPF pode pedir saída de DJ de reality

0
DJ Neto pode ser retirado de reality.

DJ Neto é acusado de “esconder” avião e Ferrari da Justiça e forjar saída de sociedade.

Jair Viana

O DJ José Rodrigues Mundim Neto, um dos participantes de um reality show rural, mal entrou na disputa e pode ser retirado do programa a qualquer momento.

Uma fonte do Ministério Público Federal de Goiânia, que acompanha um processo na Justiça Federal, afirma que o MPF deverá pedir a desclassificação do DJ.

O participante do reality responde a uma ação onde é acusado de transferir um avião e uma Ferrari para terceiros, tentando evitar a apreensão e sequestro dos bens. Até sua saída de uma sociedade foi oficializada para evitar que seja condenado.

PAI PROBLEMA – Filho do lobista Ulisses José Ferreira Leite, condenado por envolvimento em escândalo financeiro no DNER – Departamento Nacional de Estradas de Rodagem – o DJ ainda é apontado como dono de uma aeronave que teria sido usada pelo tráfico.

Segundo a fonte, o MPF deverá entrar na Justiça com um pedido para a retirada do DJ do reality. A fonte disse ainda que o pai do rapaz tem espalhado boatos sobre sua influência e poder sobre juízes de Goiânia e que poderia determinar decisões favoráveis ao DJ Neto.

QUEM É – Natural de Goiânia, formado em medicina veterinária, tenta emplacar como DJ, mas nunca conseguiu sair de Goiãnia como profissional. Netto revela que começou tocar por hobby, mas  teve sonho frustrado. Agora, envolvido numa ação de R$ 10 milhões, o DJ busca projeção para ganhar dinheiro e pagar advogados.

Segundo amigos do rapaz, sua entrada no reality “foi pura sorte e negociação”