Motoristas por aplicativo vão à Câmara pedir regulamentação do serviço em Sorocaba

0
Motoristas de aplicativo vão até a Câmara de Sorocaba para protestar — Foto: Mayara Corrêa/TV TEM

Associação alega aos vereadores que o decreto de agosto foi suspenso pelo MP e o decreto complementar, que deveria ser votado em dezembro, ainda não entrou em discussão.

Os motoristas por aplicativo foram à Câmara de Sorocaba (SP) nesta terça-feira (26) pedir para que os vereadores agilizem a aprovação da regulamentação do serviço na cidade.

A Associação dos Motoristas de Sorocaba e Região por Aplicativos Privados está alegando aos vereadores que o decreto de agosto foi suspenso pelo Ministério Público e o decreto complementar, que deveria ser votado em dezembro, ainda não entrou em discussão.

Rogério Cruz, presidente da associação, informou que o MP pediu para que o decreto fosse transformado em lei, então, vieram pedir agilidade dos vereadores.

Com o serviço regulamentado, os motoristas por aplicativo acreditam que a segurança vai melhorar, porque afirmam que são assaltados com frequência.

Com a aprovação, os carros teriam um selo emitido pela Urbes, o que facilitaria a fiscalização no trânsito e da polícia.

Segundo João Décio Miguel, vice-presidente da associação, a prefeitura receberia por ano, com taxas e impostos, cerca de R$ 14 milhões. Verba que poderia ser revertida em benefícios, como a segurança dos motoristas.