Motorista acusado de matar quatro jovens em acidente é julgado em José Bonifácio

0
Julgamento do motorista Fabiano Ferreira Lemes em José Bonifácio — Foto: Monize Poiani/TV TEM

Acidente foi em junho de 2016, em Ubarana (SP). O júri começou durante a manhã e só deve terminar no começo da noite.

O motorista acusado de provocar um acidente na BR-153 que terminou com quatro mortes está sendo julgado em um júri popular em José Bonifácio (SP) nesta terça-feira (25). As vítimas tinham entre 13 e 28 anos.

O acidente foi em junho de 2016, em Ubarana (SP). O júri começou durante a manhã e só deve terminar no começo da noite.

Fabiano Ferreira Lemes é acusado de quatro homicídios com dolo eventual, uma tentativa de homicídio com dolo eventual e omissão de socorro. A tentativa de homicídio foi por causa de uma vítima, que sobreviveu ao acidente.

De acordo com a denúncia do Ministério Público, Fabiano estaria embriagado no momento do acidente. O réu está preso no CDP (Centro de Detenção Provisória) de Rio Preto desde o acidente.

O caso

O acidente foi no dia 19 de junho de 2016, quando um carro, com cinco pessoas, seguia pela rodovia BR-153, sentido Ubarana a São José do Rio Preto (SP).

Na altura do km 117, uma caminhonete colidiu na traseira do carro. Com o impacto, os veículos foram parar fora da pista. O veículo onde estava os jovens acabou colidindo contra uma árvore.

Os quatro jovens estavam no veículo e acabaram morrendo na hora, e a outra vítima foi socorrida e sobreviveu. Morreram no local Guilherme Grillo, de 13 anos, Jonas Zaqueo, 21, Alessandro Lélis, 28, e João Pedro Ferreira Cuenca, 19.

As quatro vítimas eram evangélicas e estavam indo a uma festa de uma amiga da igreja quando o acidente aconteceu.

Carro onde estavam as vítimas ficou destruído — Foto: Osmir Gomes/TV TEM
Carro onde estavam as vítimas ficou destruído — Foto: Osmir Gomes/TV TEM
Vítimas voltavam de uma festa, quando foram atingidos por caminhonete — Foto: Reprodução/TV TEM
Vítimas voltavam de uma festa, quando foram atingidos por caminhonete — Foto: Reprodução/TV TEM