Menino que teve dedo esmagado tem alta hospitalar em Rio Preto

0

Criança passou por cirurgia para reconstruir o dedo médio da mão direita.
Prefeitura disse que prestou atendimento à criança e interditou o brinquedo.

Após cinco dias internado, o menino de três anos que teve o dedo esmagado, depois de se machucar em um brinquedo na Escola de Educação Infantil Doutor Adelício Teodoro, do bairro Jardim Nunes, teve alta hospitalar da Santa Casa, na tarde de terça-feira (25), em São José Rio Preto (SP).

Ele teve fratura exposta, precisou passar por cirurgia e, segundo a assessoria do hospital, já está bem. O hospital descartou a possibilidade de amputação do dedo. O brinquedo em que a criança se machucou foi interditado no mesmo dia em que aconteceu o acidente.

A Santa Casa de Rio Preto disse que o menino passou por cirurgia para a reconstrução do dedo. O caso foi registrado como lesão corporal culposa.

A assessoria de imprensa da prefeitura de Rio Preto informou que o balanço continua interditado e que todos os equipamentos instalados nas escolas recebem manutenção periódica. A assessoria, no entanto, não explicou porque o balanço em questão prendeu o dedo do garotinho.

Em entrevista ao G1 na manhã de sexta-feira (21), a mãe do menino, a autônoma Naila Aparecida Giamente, de 38 anos, disse que recebeu o telefonema da escola comunicando o acidente uma hora após deixá-lo no local. “Por volta das 8h eu recebi o telefonema que meu filho tinha caído na escola e eu precisava levar os documentos dele até a creche. Na hora não imaginava a gravidade. Quando cheguei e vi meu filho chorando imaginei algo pior” diz.

Balanço em que criança se machucou foi interditado no dia do acidente.  (Foto: Arquivo Pessoal)Balanço em que criança se machucou foi interditado no dia do acidente. (Foto: Arquivo Pessoal)

Entenda o caso
Segundo informações do boletim de ocorrência, a criança brincava em um dos brinquedos instalados no parquinho da escola, quando prensou a mão e teve ferimentos graves no dedo médio da mão direita. A criança foi socorrida pela unidade de resgate e encaminhada para a Santa Casa de Rio Preto.

De acordo com a mãe, assim que a criança receber alta do hospital irá tomar providências sobre o caso. “Por enquanto estou pensando apenas na recuperação do meu filho, mas eu gostaria de uma resposta da prefeitura porque se aconteceu com meu filho pode acontecer com outras crianças também. Eu quero providências”, diz Naila.

Outros casos
Na quinta-feira (12), um menino de 13 anos ficou gravemente ferido depois que um brinquedo do parque Cidade das Crianças caiu sobre ele. O adolescente foi levado para o Hospital da Criança em Rio Preto e teria fraturado um osso do rosto.  O brinquedo, que tem uma base de cerca de quatro metros de altura, acabou quebrando com o peso e toda a estrutura cedeu e caiu em cima do adolescente.

Em fevereiro, outras duas meninas se machucaram em um brinquedo que havia sido instalado em 38 escolas municipais de Rio Preto. O carrossel, também conhecido como gira-gira, é adaptado para crianças com cadeira de rodas, mas era usado por todos os alunos. Nesses acidentes o cabelo das duas meninas ficou preso no eixo central do brinquedo. Uma deles perdeu parte do couro cabeludo, e a outra teve traumatismo craniano, e precisou passar por cirurgia.

Menino de 3 anos teve fratura no dedo (Foto: Reprodução / TV TEM)Menino de 3 anos teve fratura no dedo (Foto: Reprodução / TV TEM)

DEIXE UMA RESPOSTA