Menino que fez bilhete em nome da professora ‘inventou’ feriado para assistir a série, diz mãe

0
Gabriel segura o bilhete que escreveu na tentativa de "fugir" da aula em Bocaina (Foto: Arquivo Pessoal)

Recado dizia que no dia seguinte não haveria aula na escola em Bocaina (SP). Mãe recebeu recado de ‘admirador secreto’ no Dia dos Namorados e conta que Gabriel começou a escrever com 4 anos.

A mãe do menino Gabriel Lucca de 5 anos, que escreveu um bilhete se passando pela professora na tentativa de “fugir” da aula, contou que está acostumada com os recados inusitados recebidos do filho. O “plano infalível” do garoto, que mora com a família em Bocaina (SP) e “inventou” um feriado, foi compartilhado pela mãe com a Tia Paulinha, professora que teria assinado o bilhete.

Na tentativa de convencer a mãe, Gabriel escreveu “é verdade esse bilete (sic)”. A professora publicou o recado no Facebook e, em poucas horas, o post viralizou.

“Ele chegou falando: ‘Mamãe, tem bilhete’. Perguntei se realmente era da professora e ele não conseguiu segurar a risada. Disse ainda que a tentativa tinha falhado e que ‘o objetivo era só assistir a uma série'”, conta Geovana Santos.

Segundo ela, antes de entregar o recado, ele havia dito que gostaria de ficar assistindo desenho e não ir à aula. Mas a mãe explicou que ele poderia assistir em outro horário, entretanto precisava ir para a escola no dia seguinte.

Professora postou foto do bilhete que viralizou nas redes sociais (Foto: Reprodução/Facebook)
Professora postou foto do bilhete que viralizou nas redes sociais (Foto: Reprodução/Facebook)

“Depois disso, ele não falou mais nada. Chegamos em casa e ele foi correndo para o quarto. Alguns minutos depois, veio correndo e me entregou a cartinha, dizendo que era da professora”, diz Geovana.

Como a missão falhou, Gabriel precisou ir à escola. Quando a mãe foi buscá-lo, estava chovendo e, é claro, o garoto não perdeu a oportunidade de soltar outra “pérola”.

Gabriel não conseguiu disfarçar ao entregar o bilhete para a mãe (Foto: Arquivo Pessoal)
Gabriel não conseguiu disfarçar ao entregar o bilhete para a mãe (Foto: Arquivo Pessoal)

“Ele me disse: ‘Está vendo, mamãe, eu estava prevendo que ia chover e que não era para ter vindo na aula'”, conta.

Diante da repercussão, Gabriel gravou um vídeo ao G1 confessando que ele mesmo escreveu o bilhete.

‘Admirador secreto’ no dia dos namorados

A travessura para não ir à aula não foi a primeira feita pelo Gabriel. No dia Dia dos Namorados, Geovana conta que também recebeu um bilhete curioso de um “admirador secreto”.

“Estava estudando na cozinha quando ele apareceu, colocou uma cartinha na mesa e saiu correndo. Como se eu não tivesse visto ele!”, conta. No papel, a assinatura era de um admirador secreto mas, desta vez, o pequeno deixou passar um detalhe importante que acabou revelando sua identidade.

Bilhete do dia dos namorados foi outra brincadeira do garoto (Foto: Arquivo Pessoal)
Bilhete do dia dos namorados foi outra brincadeira do garoto (Foto: Arquivo Pessoal)

“Ele começou a carta escrevendo ‘mamãe’, mas tentou riscar para que eu não visse… Só que não deu muito certo [risos]”, lembra Geovana.

De acordo com ela, o filho sempre teve o costume de escrever bilhetes e cartas para a família e amigos. Com apenas 5 anos, ele já é capaz de mostrar boa desenvoltura com as palavras. “Ele começou a escrever com 4 anos e, neste ano, passou a conseguir associar as letrinhas e formar frases. Ele é muito inteligente!”, diz a mamãe orgulhosa.

Menino tem o costume de enviar cartas para os amigos e para a família Bocaina (Foto: Arquivo Pessoal)
Menino tem o costume de enviar cartas para os amigos e para a família Bocaina (Foto: Arquivo Pessoal)