Menino de 9 anos vai para abrigo após ser esquecido em escola em Rio Preto

0
Evandro Pelarin, juiz da Vara da Infância e da Juventude (Foto: Reprodução/TV TEM)

Diretora da escola acionou o Conselho Tutelar.
Criança foi para projeto social, onde aguarda decisão do juiz da infância.

Um menino de 9 anos foi esquecido, no final da tarde de terça-feira (21), na Escola Municipal Állvares Luís Angeloni, na rua Manoel Miceli, no bairro Lealdade e Amizade, em São José do Rio Preto (SP).

De acordo com informações do boletim de ocorrência, ninguém foi buscar a criança na escola e, por isso, a diretora acionou o Conselho Tutelar.

Segundo as declarações da diretora à polícia, a mãe do menino, uma guardadora de carros de 30 anos, geralmente vai buscá-lo até as 17h30, mas na terça-feira ninguém compareceu à escola até as 19h30. O menino passou a noite em um abrigo do projeto social Teia.

O juiz da Vara da Infância e da Juventude, Evandro Pelarin, diz que a criança ficará no abrigo até sair o posicionamento de um estudo técnico feito por uma psicóloga e uma assistente social. Ele diz que não há prazo fixo na lei para que interrogue os pais. “Vou aguardar a avaliação da psicóloga e da assistente social e vou pedir um parecer ao promotor de Justiça. Só depois disso, se mantido o acolhimento, ouvirei os pais”, afirma.

A assessoria de imprensa da Prefeitura informou que o Conselho Tutelar já acompanha esse caso, porque os pais estão vivendo na rua depois de terem perdido o emprego.

DEIXE UMA RESPOSTA