Médicos de Jaci atenderá comunidades na região amazônica

0

Médicos da região noroeste paulista se preparam para participar da primeira expedição do Barco Hospital Papa Francisco construído pela Associação Lar São Francisco na Providência de Deus de Jaci (SP).

O projeto foi um pedido do Papa Francisco e prestará atendimento gratuito para comunidades ribeirinhas que vivem na região amazônica.

O cirurgião Fábio Dória, um dos voluntários que atenderão os pacientes do Barco Hospital, já viajou três vezes para a região, mas afirma que será a primeira vez que ficará embarcado.

“Nós vamos navegar da cidade mais próxima, que é Óbidos, durante 12h para chegar de manhã cedo na comunidade do Faro e poder ficar três dias ancorados”, diz.

Barco Hospital Papa Francisco e Ambulancha Papa Francisco  — Foto: Reprodução/TV TEM

Barco Hospital Papa Francisco e Ambulancha Papa Francisco — Foto: Reprodução/TV TEM

Além do cirurgião, profissionais com diferentes especializações também participarão do projeto oferecendo consultas, exames e cirurgias de pequena e média complexidade.

Para poder atender diversas comunidades, as expedições já foram marcadas e durarão até o final do ano. Os locais mais necessitados e o tempo de permanência neles também já foram estipulados.

“Eles não possuem nada na região. Não existem médicos, enfermeiros e medicamentos. É uma população que precisa de muito”, afirma a cirurgiã Maria Fernanda Trabulsi.

Os médicos que já estão escalados para participarem da primeira expedição afirmam que estão ansiosos para embarcarem e que será uma experiência tanto profissional quanto pessoal.

“É um projeto inédito e fantástico. Nós sonhamos desde o começo e agora podemos embarcar para realizá-lo”, afirma o diretor médico da Associação Lar São Francisco na Providência de Deus de Jaci (SP).

Barco Hospital Papa Francisco

A embarcação batizada de “Papa Francisco”, tem 32 metros de comprimento e conta diversos centros médicos especializados. Ao todo, mais de cinco mil comunidades ribeirinhas devem ser visitadas.

Além de consultas, exames e cirurgias de pequena e média complexidade, o Barco Hospital também vai disponibilizar atendimentos odontológicos, radiografias, mamografias, ultrassonografias, ecocardiogramas, testes ergométricos, exames laboratoriais, dispensação de medicamentos e vacinação.Contando com centro cirúrgico e quatro leitos hospitalares, a embarcação também está equipada para a realização de pequenas cirurgias.

Dez tripulantes e vinte voluntários sairão nas expedições que durarão dez dias. Depois, eles retornarão para a base que ficará na cidade de Óbidos, no Pará.

Papa Francisco recebeu o frei de Jaci no Vaticano em 2018  — Foto: Divulgação
Papa Francisco recebeu o frei de Jaci no Vaticano em 2018 — Foto: Divulgação

O projeto custou cerca de R$ 25 milhões. Além da ajuda de voluntários e colaboradores, os recursos vieram do Ministério Público do Trabalho, que repassou parte de uma milionária indenização trabalhista.

Em 2018, o papa gravou um vídeo para a associação e mandou uma saudação para os moradores ribeirinhos e também para os homens que trabalharam na construção do barco. 

“Uma saudação de coração a todos habitantes da Amazônia, um carinho muito grande por quem cuida da terra, ama a terra, ama a natureza e ama a Deus. Sigam adiante. Uma saudação aos que trabalham no barco-hospital, que vai fazer tanto bem nesses mil quilômetros ao povo. Rezo por vocês e vocês rezem por mim. Que o senhor os abençoe”, disse o papa. O barco vai levar o nome do Papa Francisco e vai começar a funcionar em fevereiro de 2019 no Rio Amazonas. A intenção do frei Francisco é que atenda mil comunidades ribeirinhas em 12 cidades do baixo Amazonas no Pará.

Projeto em Jaci transforma barco em hospital para atender ribeirinhos na Amazônia — Foto: Reprodução/TV Tem

Projeto em Jaci transforma barco em hospital para atender ribeirinhos na Amazônia — Foto: Reprodução/TV Tem

Papa Francisco

O Papa Francisco usou as redes sociais para comemorar a inauguração do Barco Hospital.

“É com grande satisfação que me uno a vocês neste momento de alegria e ação de graças a Deus pela inauguração do Barco Hospital Papa Francisco que levará a Palavra de Deus e oferecerá acesso a uma saúde melhor para as populações mais carentes, sobretudo os povos indígenas e ribeirinhos, que vivem ao longo de uma extensão de 1.000 quilômetros do Rio Amazonas”, escreveu o pontífice.

A ideia do projeto, que surgiu do presidente da associação, Frei Francisco Belotti, atendeu a um pedido do Papa Francisco, feito durante a última visita dele ao Brasil durante a Jornada Mundial da Juventude, em 2013.

Em novembro de 2018, o frei visitou o Papa Francisco para entregar o convite da inauguração.

“Na jornada tivemos a honra de receber o Papa no nosso hospital São Francisco no Rio. Ele me perguntou se estávamos no Amazonas, e eu disse que não. Ele disse ‘então devem ir’”, contou o frei na época.