Marília chega a 11 casos de gripe no ano, com cinco mortes

0
Campanha de vacinação em Marília continua em 12 UBSs e 37 Unidades Saúde da Família (Foto: Prefeitura de Marília/Divulgação)

No ano, são cinco casos de H1N1 e três de H3N2, além de três dos outros tipos da chamada síndrome respiratória aguda grave. Campanha de vacinação continua em quase 50 pontos da cidade.

Vigilância Epidemiológica de Marília (SP) confirmou nesta segunda-feira (23) mais oito resultados positivos de notificações de gripe, também chamada de síndrome respiratória aguda grave (SRAG).

Com isso, no ano, a cidade chega a cinco casos confirmados de H1N1, com duas mortes, e três de H3N2, com uma morte. Os outros três casos fatais foram registrados em pessoas com a Gripe A (tipo não definido), Influenza B e um diagnóstico positivo de metapneumovirus.

Das cinco pessoas que morreram na cidade, todas tinham indicação para vacina contra a gripe, mas três delas não haviam sido imunizadas. Uma recebeu a dose e a outra não foi possível confirmar de aplicação de vacina.

Vacinação

A Secretaria de Saúde de Marília informa que a campanha de vacinação contra a influenza prossegue em quase 50 pontos: são 12 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) e 37 USFs (Unidades Saúde da Família).

Em Marília a cobertura vacinal está em 80,77% do público-alvo. Foram vacinadas 64,2 mil pessoas, sendo 49 mil dos grupos prioritários. O restante recebeu a dose por ter doença crônica ou condição de saúde que asseguram o acesso à vacina.

Podem ser imunizadas pelo SUS crianças entre seis meses e nove anos, pessoas com mais de 50 anos, grávidas ou mulheres que deram à luz recentemente, além de profissionais de saúde e de educação.