Marido é detido ao ameaçar mulher passa mal e morre

0
Foto: Divulgação

Um homem de 48 anos morreu depois de ser detido por violência doméstica em Cajobi (SP), no fim de semana. De acordo com a polícia, Márcio Perpetuo da Silva teria passado mal ao chegar de ambulância na delegacia para prestar depoimento.

Segundo a Polícia Civil de Cajobi, uma equipe da Polícia Militar foi acionada no sábado (5) por guardas municipais depois de uma denúncia de violência doméstica por ameaçar de morte a mulher, de 44 anos, e a filha dele, de 15 anos.

De acordo com a polícia, o homem estava alcoolizado, alterado e chegou a bater a cabeça em uma árvore.

Quando os policiais foram detê-lo, o homem reagiu e acabou agredindo um dos PMs. Na sequência, ele foi imobilizado e algemado, sendo levado para a Santa Casa de Cajobi devido ao estado agressivo.

Ainda de acordo com a polícia, o homem foi medicado e levado de ambulância até a delegacia em Olímpia para registrar a ocorrência.

Contudo, antes de descer da ambulância para prestar depoimento, ele passou mal e foi levado para a UPA da cidade. Porém, não resistiu e morreu.

O corpo de Márcio foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Barretos e o laudo vai apontar a causa da morte. A suspeita da polícia é que ele teve uma parada cardíaca. Dois boletins de ocorrência, de violência doméstica e morte suspeita, foram registrados.