Mais de 1,5 tonelada de carne é apreendida em chácara onde casal fazia abate ilegal

0
Carne - Jornal bom dia
Do abatedouro ilegal, a carne era levada para ser vendida de forma ilegal em um açougue também administrado pelo casal — Foto: Polícia Civil/Divulgação

A Polícia Civil apreendeu mais de uma tonelada e meia de carne em umachácara que era usada por um casal para o abate irregular de carne em Ourinhos (SP). Além da atividade irregular, os suspeitos vendiam o produto em um açougue da cidade.

O casal foi preso em flagrante na quinta-feira (8), depois de uma denúncia da Coordenadoria de Defesa Agropecuária do Estado de SP, e vai responder por crime contra a ordem tributária.

Segundo o delegado Pedro Telles, não cabe fiança para o crime que pode resultar em pena máxima de cinco anos de prisão. Os suspeitos devem passar por uma audiência de custódia nesta sexta-feira (9).

De acordo com o órgão, o local não era apropriado para esse tipo de trabalho e as carnes estavam impróprias para o consumo. As condições de armazenamento do material eram precárias, segundo a polícia.

Do abatedouro toda a carne era levada para um açougue onde era vendida ilegalmente.

Carne, principalmente de suínos, era abatida de forma ilegal em Ourinhos  — Foto: Polícia Civil/ Divulgação
Carne, principalmente de suínos, era abatida de forma ilegal em Ourinhos — Foto: Polícia Civil/ Divulgação

Depois da denúncia, a Polícia Civil passou a observar tanto a chácara como a casa de carnes que eram administradas pelo casal e descobriu que o local funcionava como um abatedouro irregular.

No total, foram apreendidos 1.616 quilos de carne que foram descartados no aterro municipal.

Condições de armazenamento das carnes era precário  — Foto: Polícia Militar/Divulgação
Condições de armazenamento das carnes era precário — Foto: Polícia Militar/Divulgação