Lista agita meio político de Rio Preto, e vereador Marinho das Bombas contesta reportagem

0
Vereador Marinho Foto: Reprodução/Facebook

Vereador Marinho das Bombas contesta reportagem; caso está na Polícia Federal

Por Jair Viana

Uma outra lista apreendida pela Polícia Federal (PF) nas investigações sobre suposta compra de votos pelo presidente da Câmara de Rio Preto, vereador Fábio Marcondes (PR), revelaria pagamentos de R$ 20 mil ao vereador Marinho das Bombas e R$ 15 mil a um homem identificado como Anderson. Vários documentos apreendidos já estão em fase de perícia autorizada pela Justiça Eleitoral. Fábio Marcondes não compareceu à sessão da Câmara, na terça feira(11).

Na nova lista à que o Bom Dia teve acesso, terça-feira(11), aparecem nomes de supostos eleitores, que também teriam beneficiados, além de políticos que teriam recebido valores entre R$ 15 mil e R$ 20 mil. Entre os políticos citados aparecem o vereador reeleito, Marinho das Bombas (PSB), e um homem identificado como Anderson.

A primeira lista, com a relação de pessoas supostamente beneficiadas pelo candidato Fábio Marcondes, que o Bom Dia divulgou anteontem, já foi analisada e alguns itens teriam sido entregues ás pessoas cujos nomes estão na lista. De carne á tatame de lutas marciais constam como produtos entregues. Há até um item que aponta a entrega de 500 tijolos de cimento.

Todos os nomes citados nas listas apreendidas, segundo os investigadores, nos próximos dias serão identificados e intimados para prestar depoimento. O amigo de Fábio Marcondes, com quem a Polícia Federal apreendeu todo o material, já teria sido ouvido pelos delegados e negado a compra de votos. As investigações foram abertas por ordem do promotor de justiça Cláudio Santos Moraes, que recebeu a denúncia.

Delegados trabalham com dedicação especial para concluir o inquérito o mais rápido possível. Depoimentos e documentos apreendidos, além de um aparelho de telefone celular. No telefone, os investigadores esperam encontrar pistas que possam esclarecer se houve ou não a prática de compra de votos. O aparelho seria, segundo um dos investigadores, uma das provas.

O vereador Marinho das Bombas, em nota postada no Facebook do Bom Dia, disse: “… informação foi plantada pelo jornalista do bom dia só que eles esqueceram que a policia federal é justa e o delegado já acabou de desmentir ou seja não adianta os inimigos tentarem me prejudicar chupa quatro mandatos consecutivos abcs todos o amigos e aos inimigos planta outra esta não colou” (sic).

screenshot_51

DEIXE UMA RESPOSTA