Líder do PSL é denunciado por espalhar fake news

0
Líder do PSL é denunciado por espalhar fake news

Esquema envolveria produção e distribuição de notícias falsas contra o líder do Avante, Sargento Neri.

Por Jair Viana

 

O líder do PSL, deputado estadual Gil Diniz, foi denunciado no Conselho de Ética da Assembleia Legislativa de São Paulo, acusado de comandar uma rede de fake news, além de supostamente ter articulado a instalação de Comissão Parlamentar de Inquérito para atingir o deputado Sargento Neri (Avante).

A denúncia foi protocolada há pouco pelo próprio Sargento Neri. No documento que protocolou, Neri dá detalhes de toda a suposta armação que teria sido feita por Diniz.

Segundo a denúncia, Diniz teria se utilizado de servidores de seu gabinete para forma uma rede de produção de material apócrifo, como vídeos, por exemplo, denegrindo a imagem do deputado Sargento Neri.

O deputado Gil Diniz pode ser enquadrado no 17, capuz, do Código de Ética e Disciplina da Alesp,
por infringência aos artigos 55, inciso II, §1º da Constituição Federal, assim como de desrespeito ao disposto no art. 16, inciso II da Constituição Estadual, e artigo 92, II, da Resolução nº 576, de 1970, Regimento Interno da Casa. Se recebida a denúncia, o acusado responderá processo disciplinar que poderá ser levado ao plenário com pedido de cassação de seu mandato.

O deputado Gil Diniz foi procurado em seu telefone mas não atendeu e nem retornou àsclugações.