Justiça manda soltar motorista de carro com sete passageiros que se envolveu em acidente

0
Acidente foi na vicinal Jocelin Gottardi, em Araçatuba (Foto: Patrick Lima/TV TEM)

Acidente foi no domingo e jovem acabou morrendo. Motorista estava preso e vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção.

A Justiça de Araçatuba (SP) decidiu nesta quarta-feira (3) soltar o motorista de 22 anos que dirigia o veículo que capotou com sete pessoas no fim de semana, em uma vicinal da cidade. O acidente aconteceu na manhã de domingo (30).

O motorista pagou fiança de R$ 5 mil e vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Há suspeita de que o motorista teria bebido. Na decisão, o juiz João Alexandre Batagelo determinou também que o jovem não pode mais frequentar bares, boates e restaurantes.

No acidente, um passageiro de 20 anos morreu na hora. O grupo tinha acabado de sair de uma festa em um rancho. A suspeita é que ninguém estava de cinto de segurança. Uma jovem de 19 anos continua internada na UTI de um hospital particular em estado grave.

Entenda o caso

Um estudante de 20 anos morreu após o carro em que estava capotar na estrada vicinal Jocelin Gottardi, em Araçatuba. Além dele, no veículo havia outros seis jovens com idades entre 18 e 24 anos.

Segundo a polícia, o motorista foi preso por homicídio culposo e suspeita de embriaguez ao volante. Ele se negou a fazer o teste do bafômetro, mas o sangue foi coletado para exame.

De acordo com informações da polícia, os ocupantes, quatro homens e três mulheres, saíram de uma festa que ocorria em um dos ranchos perto do local do acidente, quando o motorista, de 22 anos, perdeu o controle da direção em uma curva, bateu em um barranco e capotou. Um passageiro morreu no local.

Carro em que jovens estavam ficou destruído (Foto: Reprodução/TV TEM)
Carro em que jovens estavam ficou destruído (Foto: Reprodução/TV TEM)