Justiça condena prefeito afastado de Ilha Solteira por improbidade administrativa

0
Edson Gomes (PP) foi condenado pela Justiça por improbidade administrativa (Foto: Douglas Cossi/Ilha de Notícias/Arquivo)

Também foram condenados o ex-chefe de gabinete da prefeitura Moisés Alves da Rocha e uma rádio da cidade. Envolvidos não foram encontrados pela TV TEM.

AJustiça condenou o prefeito afastado de Ilha Solteira (SP), Edson Gomes (PP), por improbidade administrativa na quarta-feira (24). De acordo com a sentença, também foram condenados o ex-chefe de gabinete da prefeitura Moisés Alves da Rocha e uma rádio da cidade.

O Ministério Público apontou irregularidades no contrato da emissora para a veiculação de publicidade da administração durante o período de um ano, no valor R$ 154 mil.

Segundo a promotoria, o número de divulgações foi menor que o contratado. A emissora, Edson Gomes e o ex-chefe de gabinete negaram qualquer irregularidade ao Ministério Público.

Edson e Moisés foram condenados a devolver todo o dinheiro gasto, multa, pagamento de R$ 100 mil por danos morais e coletivos e suspensão dos direitos políticos por cinco anos. A rádio teve a mesma condenação, com exceção da suspensão dos direitos políticos.

A decisão cabe recurso. A TV TEM tentou entrar em contato com os envolvidos, mas não obteve retorno.