Justiça autoriza repasse de dinheiro da prefeitura a famílias que desocuparão favela em Rio Preto

0
Famílias da favela Brejo Alegre devem deixar o local — Foto: Reprodução/TV TEM

Transferência de dinheiro da prefeitura será para uma conta judicial que irá ser repassado para famílias que aderiram ao plano de desocupação voluntária da favela do Brejo Alegre.

A Justiça de São José do Rio Preto (SP) autorizou nesta quarta-feira (3) a transferência de dinheiro da prefeitura para uma conta judicial que irá ser repassado para famílias que aderiram ao plano de desocupação voluntária da favela do Brejo Alegre.

De acordo com a autorização, o valor total é de cerca de R$ 188 mil. Cada família irá receber um valor diferente e poderá ser usado para pagar despesas de viagens, para quem decidiu voltar à cidade de origem, com mudança, ou aluguel.

A favela do Brejo Alegre já abrigou 66 famílias e 20 delas já desocuparam a área e, agora, outras 31 devem fazer o mesmo, já que o terreno pertence à Prefeitura de Rio Preto. Dez famílias não foram encontradas e outras cinco se recusam a deixar o local.

A prefeitura já tem uma decisão judicial favorável para a reintegração de posse da área pública. Depois de concluída essa fase do plano de desocupação voluntária, a Justiça poderá autorizar o uso de força policial, para todos deixem o terreno.