Jogador cria grife de roupas, vira empresário e faz sucesso entre boleiros

0
Jonatan Lima

Volante ex-Corinthians e Inter, Jonatan Lima se divide entre o futebol e os negócios e brinca: “Se parasse de jogar estaria ganhando mais dinheiro”

Não é difícil encontrar casos de ex-jogadores de futebol que passam por problemas ficanceiros ao término da carreira profissional. Aliás, a grande pergunta que muitos deles se fazem ao decidir pendurar as chuteiras é: “e agora, o que fazer?”.

GloboEsporte.com foi até a cidade de Novo Horizonte, a mais de 400 quilômetros da capital São Paulo, para contar a história de um jogador em atividade que já pensa no futuro pós-futebol e vem colocando a sua ideia na cabeça de muitos jogadores e pessoas ligadas ao esporte.

Aos 26 anos, Jonatan Lima pensou há dois anos em algo que pudesse ser uma alternativa à carreira de jogador de futebol profissional. Fã de moda, decidiu abrir uma grife de roupas voltada aos jogadores e atletas, a “Tudo Tranquilo”.

– Normalmente jogador de futebol não tem a mentalidade de saber o que vai fazer quando terminar sua carreira…

…tive a ideia com a minha namorada e tem dado certo. Consigo conciliar ambos porque montei a estrutura em São Paulo e meu sócio mora na cidade – conta Jonatan Lima.

Jonatan Lima pertence ao Ituano, mas está emprestado ao Novorizontino até o fim do Paulistão  (Foto: Thomaz Jannuzzi / Grêmio Novorizontino)
Jonatan Lima pertence ao Ituano, mas está emprestado ao Novorizontino até o fim do Paulistão (Foto: Thomaz Jannuzzi / Grêmio Novorizontino)

O sócio de Jonatan Lima é o também jogador André Vinicius, atualmente zagueiro do Oeste. Os dois se conheceram na base do Corinthians, clube que foram revelados. Os caminhos no futebol foram opostos, mas os negócios os une até hoje.

O início da grife contou com a ajuda dos amigos boleiros, que ganhavam roupas e bonés em troca de visibilidade na mídia. É comum ver em entrevistas pós-jogo a marca, que conta com 150 lojas revendedoras. Nomes como Neymar, Gabriel Jesus, Adriano Imperador, Lucas Lima, entre outros, usam frequentemente as roupas.

– No começo a gente dava bastante, divulgando entre os nossos amigos e pedindo para eles usarem. Hoje em dia o pessoal pergunta se a gente vai dar, aí respondo que agora é comprado. Acabou a distribuição – brinca Jonatan.

 

Início da marca contou com a colaboração de jogadores famosos na divulgação  (Foto: Reprodução/ Instagram )
Início da marca contou com a colaboração de jogadores famosos na divulgação (Foto: Reprodução/ Instagram )

O negócio tem dado tão certo que os sócios deixaram a terceirização para serem donos da própria confecção. Desde a compra dos tecidos até a revenda para o mercado, tudo passa pelos jogadores que não abrem mão de acompanhar o dia a dia da empresa. A próxima meta é abrir uma loja física da marca em São Paulo.

– Se parasse de jogar estaria ganhando mais dinheiro. Futebol é minha paixão e não vou parar enquanto eu tiver mercado e saúde continuarei jogando futebol. Com certeza a confecção está indo bem financeiramente – revela.

– Criei um estilo fashion soccer e o bordão que sempre utilizava quando postava fotos em redes sociais se tornou o nome da marca.

Jonatan Lima foi revelado pelo Corinthians e de lá pra cá rodou por Guaratinguetá, Internacional, Icasa, Ituano, Veranópolis, Portuguesa, Criciúma até chegar ao Novorizontino, adversário do Timão no próximo domingo, às 19h30, no estádio Jorge Ismael De Biase, em Novo Horizonte. O GloboEsporte.com acompanha a partida em Tempo Real.