Jô garante vitória do Corinthians sobre a Chapecoense

0
Estudantes têm sido atacados com urina e fezes nos corredores da faculdade (Foto: Reprodução/Google Maps)

Timão vence a Chape e abre dez pontos de vantagem na liderança do Campeonato Brasileiro. Jô anota o único gol do jogo e fica empatado com Henrique Dourado, do Fluminense, na artilharia, com 12 O desempenho do time não foi bom, mas o Corinthians conquistou um resultado muito importante atuando fora de casa. Após ser derrotado pelo Vitória no último sábado, o Timão venceu a Chapecoense, por 1 a 0, nesta quarta-feira (23), na Arena Condá.

Com o resultado positivo no duelo adiado pela 20ª rodada, o clube do Parque São Jorge abriu dez pontos de vantagem sobre o Grêmio na liderança do Campeonato Brasileiro.

Para variar, o atacante Jô foi o herói da vitória. O camisa 7 anotou o único gol da partida, aos 44 minutos do segundo tempo, e ficou empatado com Henrique Dourado, do Fluminense, na artilharia da competição, com 12 gols cada.

De quebra, ele igualou o argentino Carlitos Tevez como o maior artilheiro do Corinthians na era dos pontos corridos, com 25 gols. A noite de quarta só não foi perfeita para Jô por causa do cartão amarelo levado no primeiro tempo. Ele estava pendurado e não enfrentará o Atlético-GO, sábado (26), em Itaquera. Romero também vai cumprir suspensão na próxima rodada.

Escalado com Pedro Henrique, Léo Santos e Moisés nas vagas de Pablo, Balbuena e Guilherme Arana, respectivamente, o Corinthians levou um susto da Chapecoense logo no início da partida. Penilla levantou a bola na área e Wellington Paulista testou para a defesa de Cássio.

Com dificuldades para furar o bloqueio do adversário, o time do técnico Fábio Carille errou muitos passes (47, no total) e não conseguiu ameaçar a meta defendida por Jandrei. Do outro lado, o time da casa também errou passes demais e deixou o jogo chato.

No fim da primeira etapa, a partida, enfim, melhorou. Acionado por Jô dentro da área, Rodriguinho conseguiu mandar a bola para o fundo da rede. No entanto, a arbitragem anulou o gol, alegando que o meio-campista dominou a bola com o braço antes de finalizar com o pé direito.

Pouco depois, Wellington Paulista cruzou na medida para Túlio de Melo. O atacante ganhou de Léo Santos pelo alto e testou a bola no canto, tirando tinta da trave defendida pelo goleiro Cássio.

No segundo tempo, Romero e Clayson perderam chances claras de colocar o Corinthians em vantagem. E, por pouco, a Chapecoense não conseguiu fazer o gol. O zagueiro Léo Santos cortou um chute de Túlio de Melo quase em cima da linha.

No fim do jogo, quando tudo indicava que o Corinthians ficaria no empate, Clayson recebeu passe de Romero, dentro da área, e tocou para Jô. O atacante bateu com a perna direita e deixou o Timão com a barriga cheia na liderança.