Idoso e alvo de operacao que investiga crimes digitais em Catanduva

0
Divulgação

A operação é feita em todo o Brasil e é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública.

A Polícia Civil cumpriu um mandado de prisão em Catanduva (SP) na manhã desta sexta-feira (1º) durante uma operação que investiga a pirataria digital no Estado de São Paulo.

Na casa de um aposentado, de 63 anos, os policiais encontraram um notebook e aparelhos usados na pirataria. Tudo foi apreendido e levado para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e vai passar por perícia. O idoso foi ouvido e liberado.

O idoso tinha uma página na internet que transmitia canais de televisão fechados. O aposentado vendia os canais por R$ 30 mensais.

A Polícia Civil agora investiga quem são os clientes do idoso. O notebook dele será analisado. Os clientes também podem responder por violação do direito autoral.

A operação recebeu o nome de 404, que é a mensagem que a aparece no computador quando um site está fora do ar. A Polícia Federal tem a lista dos usuários dos serviços piratas.

A operação é feita em todo o Brasil e é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública. O objetivo é bloquear ou suspender 210 sites que transmitem filmes, séries e televisão de forma ilegal, além de 100 aplicativos de streaming ilegal de conteúdo.

A ação também quer impedir que esses conteúdos ilegais apareçam nos mecanismos de busca, como o Google, e quer remover perfis e páginas de redes sociais.