Idosa com mal de Alzheimer é encontrada presa em quarto com fezes e urina

0

Vítima de 90 anos era mantida em cômodo sem janelas. Filha pagou fiança e vai responder em liberdade.

Uma idosa de 90 anos, com mal de Alzheimer, foi encontrada presa dentro de um quarto com fezes e urina, em uma casa no bairro Jardim Guanabara, em Araçatuba (SP), na noite desta quarta-feira (27). Segundo a polícia, a vítima estava no quarto há quatro dias e os policiais foram até o local após denúncia anônima.

Segundo o boletim de ocorrência, a polícia foi acionada após vizinhos ouvirem gritos de socorro e batidas na porta em uma casa. Ao chegarem ao local, os policiais foram atendidos por uma adolescente, que primeiramente negou ter uma idosa no local, mas depois acabou confessando a presença da vítima.

A adolescente levou os policiais até o quarto, que estava trancado com um cadeado. A jovem então abriu a porta e os policiais encontraram a idosa no quarto, sem janelas, e com cheiro forte de urina e fezes. De acordo com o boletim, o chão estava com fezes e urina.

Os policiais tentaram conversar com a vítima, mas por causa do mal de Alzheimer, falava coisas desconexas. A perícia foi até o local e constatou o cárcere privado.

No momento em que a perícia era feita, a filha da vítima chegou a casa. Indagada pelos policiais, ela negou que a idosa era maltratada e desconhecia o motivo dela estar trancada no quarto.

A polícia então deu voz de prisão para a mulher e ela foi levada ao plantão policial. O delegado arbitrou fiança de R$ 1 mil, que foi paga, e a mulher responderá em liberdade por sequestro e cárcere privado e expor a perigo a integridade e a saúde. A idosa foi levada para casa de outros parentes.