Homem solto um dia antes de matar ex-mulher a facadas é preso pela polícia

0
Local do crime foi isolado para o trabalho da perícia em Presidente Alves (Foto: Arquivo pessoal )

Suspeito que já havia sido detido por agredir a vítima foi encontrado com a arma do crime em posto de combustíveis abandonado em Presidente Alves. Ele alegou em depoimento que cometeu o ato por ciúme.

A Polícia prendeu na madrugada desta terça-feira (31), o homem suspeito de matar a ex-mulher a facadas em Presidente Alves (SP), no último final de semana.

De acordo com a Polícia Militar, uma denúncia anônima indicou o local onde o suspeito estava escondido – em um posto de gasolina abandonado.

Uma viatura foi até o local e encontrou Roberto Santos Ribeiro, de 36 anos, com a faca que teria sido usada no crime. O suspeito foi levado para a delegacia de Presidente Alves, onde presta depoimento.

Segundo a Polícia Civil, ele teria confessado o crime, e ainda dito que matou a ex-companheira por ciúme. Andrela estava em uma praça quando ele teria pego uma faca em casa e voltado ao local para esfaquea-la.

Andrela foi atingida no peito e o suspeito fugiu do local levando a arma usada no crime. A PM foi acionada e encontrou a vítima caída no chão.

Segundo familiares, Andrela teve um relacionamento de 5 anos com Roberto e eles tinham um filho. A vítima era mãe de outras três crianças. O corpo dela foi enterrado neste domingo (29).

Violência constante

Roberto Santos estava preso desde o dia 24 de julho por ter agredido a ex-mulher, Andrela Maria Rodrigues, de 26 anos, e o companheiro dela na época.

Além disso, ele já havia respondido dois processos de agressão pela Lei Maria da Penha, um deles por ter agredido Andrela com pedaços de madeira.

Na última sexta-feira (27), Roberto foi beneficiado pela revogação da prisão preventiva e teria procurado a ex-mulher, que o acolheu na casa onde ela morava com os pais apesar da existência de medida protetiva contra ele.