Homem é preso após queimar agente de saúde e esconder corpo dentro de geladeira

0
Geladeira foi encontrada jogada em canavial em Andradina (Foto: Manoel Messias/Mil Noticias)

Vítima foi achada no eletrodoméstico em canavial com saco plástico na cabeça e amarrada com fios telefônicos. Suspeito do crime é um auxiliar técnico de 21 anos.

O corpo de um agente de saúde, de 49 anos, foi encontrado dentro de uma geladeira com um saco plástico na cabeça, amarrado com fio de telefone, amordaçado e parcialmente queimado, em um matagal no bairro Água Branca, em Andradina (SP), na noite deste domingo (23).

Segundo a polícia, o corpo é de Marco Antônio de Oliveira Pereira, que foi morto na sexta-feira (21) após receber um golpe conhecido como ‘mata-leão’.

O suspeito de cometer o crime é um auxiliar técnico de 21 anos, que foi preso após uma colega de trabalho de Pereira (SP) ir à casa dele.

Ela ligou para a Polícia Militar e disse que havia algo estranho na casa, na rua Amazonas, no bairro Stella Maris. No local, os policiais encontraram marcas de sangue e testemunhas disseram que viram três pessoas retirarem uma geladeira da casa.

Tentativa de suicídio

A polícia encontrou o suspeito de cometer o crime durante o atendimento de outra ocorrência, no bairro Gasparelli.

Polícia e bombeiros tentavam convencer um rapaz a não se matar. Após longas conversas, o jovem entregou a faca e confessou o crime contra o agente de saúde.

O suspeito disse à polícia que matou o agente por se sentir ameaçado por ele. Segundo a polícia, os dois se conheceram há aproximadamente uma semana e o suspeito iria alugar um imóvel da vítima.

Um auxiliar de serviços gerais, de 23 anos, amigo do suspeito, foi preso por ocultação de cadáver por tê-lo ajudado a transportar a geladeira até o canavial. O corpo do agente de saúde foi enterrado na manhã desta segunda-feira (24).