Guarda que foi baleada em tiroteio após assalto deixa a UTI do Hospital de Base de Rio Preto

0

Tássia teve melhora e foi para o quarto, já o outro guarda segue na UTI. Câmera registrou tiroteio, que matou jovem.Casal foi detido com carro que seria da fuga dos assaltantes.

Tássia e Cleiton ainda estão internados após tiroteio (Foto: Reprodução/TV TEM)
Tássia e Cleiton ainda estão internados após tiroteio (Foto: Reprodução/TV TEM) 
Guarda que foi baleada em tiroteio após assalto deixa a UTI do Hospital de Base
Guarda que foi baleada em tiroteio após assalto deixa a UTI do Hospital de Base

A guarda municipal Tássia Tomoda Dourado, que foi baleada durante um tiroteio após assalto a joalheria em São José do Rio Preto (SP), no último sábado (15), deixou a UTI do Hospital de Base nesta terça-feira (18) e já se recupera dos ferimentos em um quarto. A informação é da assessoria de imprensa do hospital. No tiroteio, um jovem de 17 anos morreu ao ser atingido por uma bala perdida.

Tássia foi alvejada na barriga e teve os intestinos perfurados. Ela passou por cirurgia e desde então estava na UTI. O outro guarda baleado no assalto, Cleiton José da Silva Gomes, segue internado na UTI da Santa Casa de Rio Preto e o estado de saúde é estável, de acordo com o hospital. Ele levou dois tiros: um de raspão no braço esquerdo e outro na perna esquerda. O guarda passou por cirurgia para remoção da bala.

Ladrão que atirou contra os guardas em Rio Preto  (Foto: Reprodução)
Ladrão que atirou contra os guardas em Rio Preto (Foto: Reprodução)

Investigação

De acordo com a Polícia Civil de Rio Preto, a joalheria de Rio Preto reconheceu informalmente as joias encontradas com um casal em um carro no litoral de São Paulo na noite de segunda-feira (17).

Segundo informações da Polícia Militar do litoral, a dupla foi detida na rodovia dos Imigrantes com um carro que teria sido utilizado no crime. Dentro do veículo, os policiais encontraram algumas joias e relógios que foram roubados no interior de São Paulo. Os produtos serão devolvidos à joalheria. S

A Polícia Civil disse que o casal teria sido contratado pela quadrilha que realizou o roubo para sumir com o carro que foi utilizado no crime. Eles foram encaminhados para o 1º DP de São Vicente, mas vão responder em liberdade por receptação.

Pedro estava passeando no centro e acabou morrendo  (Foto: Reprodução/TV TEM)
Pedro estava passeando no centro e acabou morrendo (Foto: Reprodução/TV TEM)

O caso

Câmeras de segurança registraram a ação dos criminosos (veja abaixo), que também deixou dois guardas municipais feridos. Nas imagens é possível ver o momento em que um carro estaciona em frente à loja que foi assaltada. Três ladrões descem, o carro faz o retorno e estaciona do outro lado da rua.

Dentro da joalheria, os assaltantes rendem as funcionárias e pegam joias, semijoias e relógios. Ao saber do assalto, dois guardas municipais se aproximam, descem da bicicleta e, neste momento, um dos criminosos que estava no carro desce, atravessa a rua e atira contra os dois.

De acordo com a polícia, são pelo menos cinco suspeitos, três que estavam dentro da joalheria e dois que os esperavam em um carro do lado de fora. A polícia diz que foi um destes dois que começou os disparos.

Durante a tarde de sábado, dois homens foram detidos suspeitos de cometerem o crime, prestaram depoimento, negaram a participação no crime e foram liberados.

Tiroteio após tentativa de assalto a joalheria deixa um morto e guardas feridos no Centro
Tiroteio após tentativa de assalto a joalheria deixa um morto e guardas feridos no Centro

Cleiton foi atingido com um tiro na perna (Foto: Reprodução)
Cleiton foi atingido com um tiro na perna (Foto: Reprodução)