Grupo mantém reféns nas Lojas Pernambucanas em Perdizes

0

Eles mantêm ao menos seis reféns na loja da Rua Cardoso de Almeida.
Segundo a PM, eles estão armados com fuzis.

Um grupo de homens armados invadiu as Lojas Pernambucanas, em Perdizes, na Zona Oeste de São Paulo, às 9h30 deste sábado (30). Houve troca de tiros com a PM e dos seis ladrões, cinco conseguiram fugir, um foi baleado e entrou em uma lanchonete próxima. Segundo testemunhas, cerca de 50 tiros foram disparados.

O dono da lanchonete na Rua Cardoso de Almeida conseguiu escapar, mas três funcionários e dois clientes foram mantidos reféns. O homem tem passagens pela polícia.

“Esse indivíduo estava do lado de fora da loja. Com a chegada das viaturas, ele trocou tiro com a polícia e os outros integrantes dessa quadrilha se evadiram do local num primeiro momento. E esse indivíduo tomou alguns reféns dentro desse comércio. A primeira notícia que a gente tem que ele efeutou tiros de calibre doze contra os policias, vocês podem até ver ali, naquele impacto, aqueles projéteis [mostra poste na rua]”, diz o capitão Fábio Fonseca.

Segundo a Polícia Militar, o grupo estava armados com fuzis e outras armas longas. As demais lojas da rua foram fechadas e o Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) assumiu a negociação. A rua também foi completamente interditada.

Policiais da Rota e o resgate do Corpo de Bombeiros acompanham a ocorrência. Uma mala com 37 celulares e R$ 1 mil foram encontradas em uma mala deixada na Pernambucanas.

Imagem de maio de 2016 mostra fachada das Lojas Pernambucanas na rua Cardoso de Almeida, na zona oeste de São Paulo (Foto: Reprodução/Google Street View)Imagem de maio de 2016 mostra fachada das Lojas Pernambucanas na rua Cardoso de Almeida, na zona oeste de São Paulo (Foto: Reprodução/Google Street View)

 

DEIXE UMA RESPOSTA