‘Gisele errou’, diz Fernando Meirelles sobre desfile na cerimônia de abertura

0

A plateia aplaudiu, muita gente se emocionou e o mundo inteiro ficou babando por Gisele Bündchen durante o mais longo desfile de sua (ex) carreira, na noite da última sexta-feira, na cerimônia de abertura da Olimpíada, no Maracanã.

Ao programa “Timeline Gaúcha”, da Rádio Gaúcha, nesta segunda-feira, Fernando Meirelles, um dos diretores da festa, afirmou que a travessia da modelo sobre o palco montado no gramado foi mais lenta do que se esperava.

“A Gisele Bündchen errou. A gente combinou uma velocidade e ela andou um pouquinho mais lento”, revelou o cineasta, que ainda apontou outro quase imperceptível deslize da cerimônia.

De acordo com Meirelles, a entrada de uma garotinha segurando uma pipa se deu de forma mais veloz do que a prevista, fazendo com que o brinquedo tenha subido e descido logo em seguida.

O diretor ainda pontuou que a festa mostra que não somos “Lava Jato e zika” e elogiou a escolha de Vanderlei Cordeiro de Lima para acender a pira olímpica: “O Pelé foi consultado. É uma entidade, mas acho que o Cordeirinho representa até mais o povo”.

Meirelles ainda contou à rádio que sabia que o nome do presidente em exercício, Michel Temer, não seria anunciado conforme o protocolo previa: “Foi uma surpresa até para mim. O pessoal dele que me pediu”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA