#ForçaNegraDoTimão: Corinthians Basquete faz campanha contra o racismo

0

Nesta terça-feira (19), o Corinthians enfrenta o Paulistano no seu oitavo jogo do Novo Basquete Brasil (NBB). No ginásio Wlamir Marques, a partida acontece às 20h.

E o jogo, além da atividade dentro de quadra, terá um incremento especial do feriado do dia posterior.
No dia 20 de novembro, é celebrado o Dia Nacional da Consciência Negra. Data marcada pela morte de Zumbi dos Palmares em 1695, um dos maiores líderes negros do Brasil que lutou pela libertação do povo contra o sistema escravista. A data é dedicada à reflexão sobre a inserção do negro na sociedade brasileira.
As histórias do Corinthians e da luta antirracista no Brasil se confundem em diversos momentos. A primeira ligação começou com linhas de costura, estas utilizadas por Antônia Perrone – uma negra que era casada com Raphael Perrone, um dos fundadores da instituição – a responsável por bordar as primeiras camisas do Timão com o CP, primeiro escudo alvinegro.
O Corinthians também travou uma batalha frente a Liga Paulista para a inscrição de um jogador negro. O Timão tentou inscrever Davi, mas a Liga na época rejeitou. Como forma de protesto, o Alvinegro usou a camisa preto e branca, listrada, pela primeira vez. Em 1919, Bingo foi o primeiro negro a jogar com a camisa corinthiana. O Corinthians se tornou, então, um dos pioneiros na inserção do negro no futebol.
Por entender que a relação da cultura negra, do povo negro e do basquete são indissolúveis, o Corinthians Basquete resgata a tradição do time em ser um espaço em que negros são protagonistas.
No início dos anos 1980, o vitorioso basquete do Corinthians se destacou também por ser a equipe com mais atletas negros no Brasil. Uma reportagem especial da Revista Placar em 1983 abordou o tema, contextualizando o racismo na época.
Quase 40 anos depois, o basquete Alvinegro está de volta e é formado por uma maioria de negros dentro da quadra, na comissão técnica e na categoria de base.
Ao longo desta semana alguns destes personagens que representam a força da diversidade do Timão serão divulgados pelas redes sociais oficiais do Corinthians Basquete.
Por Corinthians oficial