Ex-servidora é condenada por se apropriar de salário de funcionários afastados da prefeitura de Onda Verde

0

MP acredita que a funcionária se apropriou de pouco mais de R$ 180 mil. Ela foi condenada a 13 anos e nove meses de prisão.

Uma ex-funcionária da prefeitura de Onda Verde (SP) foi condenada a 13 anos e nove meses de prisão em regime fechado, mais pagamento de multa, por ter se apropriado de recursos públicos. A decisão saiu nesta quinta-feira (3) após denúncia feita pelo Ministério Público.

G1 e a TV TEM não conseguiram localizar o advogado de defesa da ex-servidora.

Segundo a denúncia apresentada pelo MP, a ex-funcionária, entre julho de 2013 e maio de 2016, se aproveitava do fato de ser chefe do departamento pessoal da prefeitura e, responsável pelo pagamento dos servidores municipais, para verificar os funcionários que se afastavam do cargo público.

Ela, de acordo com o MP, continuava efetuando o pagamento referente aos serviços dessas pessoas, como se elas continuassem trabalhando. No entanto, os valores eram depositados na conta bancária dela.

O MP acredita que a funcionária se apropriou de pouco mais de R$ 180 mil. Ao receber a denúncia, a Justiça suspendeu o exercício da função pública da servidora, que posteriormente foi exonerada.