Ex-prefeito de Óleo é preso suspeito de crime de responsabilidade fiscal e dispensa de licitação

0
Foto: Divulgação

Prisão ocorreu na Vila Paulista, em Botucatu (SP). Segundo a polícia, ele teria cometido irregularidades na construção de pontes metálicas no período em que foi prefeito.

O ex-prefeito de Óleo (SP), Isaltino Onório de Oliveira, de 59 anos, foi preso nesta quarta-feira (22), em Botucatu (SP).

Segundo a Polícia Militar, um mandado de prisão foi cumprido após Isaltino ter sido condenado pela Justiça Federal por crime de responsabilidade fiscal e dispensa de licitação.

Conforme a polícia, ele teria cometido irregularidades na construção de pontes metálicas no período em que foi prefeito do município, de 1997 a 2000. O processo está em segredo de Justiça.

O ex-prefeito estava morando em Botucatu e foi preso quando chegava em sua casa, na Vila Paulista.

Ainda de acordo com a polícia, ele foi levado para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG), passou por audiência de custódia e continua à disposição da Justiça.

A reportagem da TV TEM tentou entrar em contato com o ex-prefeito, mas não obteve retorno. A prefeitura de Óleo não quis comentar sobre o assunto.