ex-atacante do Corinthians, é solto após ser detido por não pagar pensão

0
Prisão - Jornal bom dia
Gil foi preso em Araçatuba na quinta-feira (1º) por não pagar pensão alimentícia — Foto: Silvio Romeiro/Araçatuba Acontece

O ex-atacante Gil, que foi preso na quinta-feira (1º) por não pagar pensão alimentícia, foi solto na segunda-feira (5) após conseguir um alvará de soltura. A informação é da cadeia de Penápolis (SP), onde ele estava preso, e da Polícia Civil de Araçatuba.

O ex-jogador foi preso na casa dele, em um condomínio na Avenida da Saudade, em Araçatuba (SP). Uma equipe do Grupo de Operações Especiais (Goe) da Polícia Civil foi até a casa do ex-atacante cumprir um mandado de prisão da Vara de Família e Sucessões de Capanema.

Segundo a Justiça do Paraná, a dívida é de pouco mais de R$ 25 mil, mas não há informações sobre o número de meses em atraso.

De acordo com a Polícia Civil de Araçatuba, além do mandado de prisão do Paraná, havia outro mandado de prisão da Justiça de São Paulo, também por falta de pagamento de pensão.

Gil, que é natural de Andradina (SP), atuou no Corinthians entre 2000 e 2005, sendo campeão da Copa Rio-São Paulo e da Copa do Brasil em 2002. No mesmo ano, foi vice-campeão brasileiro.

Depois, passou por Cruzeiro, Internacional e Botafogo, sem se firmar. Em 2009, foi contratado pelo Flamengo, mas só jogou cinco vezes com a camisa rubro-negra, fazendo a última partida como jogador profissional em 2010 pelo clube carioca. Ele ainda passou pelo futebol do Japão, na equipe do Verdy Tokyo, e da Espanha, jogando pelo Gimnàstic.

Gil foi campeão em 2002 jogando pelo Corinthians  — Foto:  Arquivo / Diário de São Paulo
Gil foi campeão em 2002 jogando pelo Corinthians — Foto: Arquivo / Diário de São Paulo