EUA confirmam favoritismo e superam a Nova Zelândia e a torcida contra no MineirãoTorcida mineira pega no pé da goleiro Hope Solo e provoca durante os 90 minutos, com direitinho a musiquinha; norte-americanas vencem com gols de Carli Lloyd e Alex Morgan

0

RESUMÃO

  • O JOGOVITÓRIA TRANQUILACom um gol no início do primeiro tempo e outro no começo do segundo, os Estados Unidos mostraram seu favoritismo e começaram a campanha em busca da quinta medalha de ouro com vitória sobre a Nova Zelândia. As norte-americanas não foram pressionadas em nenhum momento dos 90 minutos de jogo, tanto que a principal rival da goleira Hope Solo no Mineirão foi a torcida, que pegou no pé da jogadora. Carli Lloyd, melhor do mundo, e Alex Morgan fizeram os gols dos EUA.

  • DESTAQUEOHHHHHH ZIKA!!A torcida mineira pegou no pé da goleira Hope Solo durante os 90 minutos. Polêmica, a goleira prometeu trazer um “kit anti-zika” para o Brasil e gerou revolta dos brasileiros em foto publicada na internet. Durante o jogos, os presentes no Mineirão não perdoaram, vaiando a goleira todas as vezes que ela pegava na bola e gritando “Olê olê olê olá, zika zika”.

  • DESTAQUEPRIMEIRO TEMPOA superioridade dos Estados Unidos ficou evidente durante toda a primeira etapa, e demorou apenas nove minutos para o time norte-americano abrir o placar. Carli Lloyd, melhor jogadora do mundo, escorou cruzamento de Tobin Heath e marcou. Mesmo em desvantagem, a Nova Zelândia não mudou seu padrão de jogo e seguiu marcando, chegando ao ataque em raras oportunidades.
  • DESTAQUESEGUNDA ETAPAAssim como no primeiro tempo, os EUA chegaram ao gol muito cedo, antes até do que na parte inicial do jogo. No primeiro lance da segunda etapa, Alex Morgan recebeu grande passe de Morgan Bryan e fez o segundo. Em vantagem, as norte-americanas só controlaram o placar e não enfrentaram dificuldades para vencer na estreia.

DEIXE UMA RESPOSTA