Entregues há quatro dias, casas de conjunto habitacional já apresentam problemas

0
Entregues recentemente, casas de conjunto habitacional apresentam problemas em Araçatuba (Foto: Reprodução/TV TEM)

Alguns imóveis estão sem energia elétrica e com problemas na descarga. Prefeitura de Araçatuba afirmou que as reclamações devem ser feitas para a Caixa Econômica Federal.

As casas do conjunto habitacional Porto Real II, em Araçatuba (SP), foram entregues aos moradores na terça-feira (4), mas já apresentam problemas. O conjunto possui aproximadamente 700 casas e, em muitas, não há energia elétrica, o aquecedor solar não funciona e o vaso sanitário está com defeito.

Os moradores estão tendo que buscar alternativas para resolver esses problemas. A auxiliar de cozinha Vanusa Ribeiro está sem energia elétrica na casa, nenhuma tomada funciona e até os alimentos estão estragando na geladeira. “Estamos recorrendo aos vizinhos que têm energia e água. Eles estão nos ajudando da maneira que podem”, comenta.

A faxineira Marlene Vieira dos Santos também é moradora do Porto Real II e, além de estar com problemas na descarga do vaso sanitário, também teve que improvisar um chuveiro para tomar banho. Segundo a moradora, não tem como ligar o chuveiro sem a água escorrer para o quarto. “Estamos tomando banho de mangueira. Colocamos a mangueira na janela e tomamos banho colados na parede, já que o quarto enche de água. Já liguei e reclamei e até agora não tive nenhuma resposta, estou me sentindo constrangida com essa situação”, reclama.

A Lomy Engenharia, empresa que construiu o residencial, informou que segue rigorosamente todas as normas estabelecidas pela Caixa Econômica Federal, e isso inclui a fiscalização e vistoria das obras. A empresa disse ainda que conta com o serviço de solicitação de assistência técnica para os moradores.

Segundo a prefeitura da cidade, as reclamações devem ser feitas para a Caixa, pois a prefeitura é responsável apenas pelo cadastro das famílias. A Caixa afirmou que possui um canal pra receber reclamações. O número é 0800 721 6268 e a ligação é de graça.