Dólar comercial bate novo recorde nesta segunda-feira e chega a R$ 4,21

0

Moeda norte-americana alcança maior valor desde o surgimento do real; recorde anterior foi no último dia 18, quando a moeda chegou a R$ 4,206

 

O dólar fechou em alta nesta segunda-feira (25) e chegou ao maior valor nominal da linha histórica na comparação com o real. A moeda norte-americanasubiu 0,5%, fechou o dia a R$ 4,2129. Já o dólar turismo terminou esta segunda-feira sendo vendido por aproximadamente R$ 4,40, sem considerar os impostos, segundo casas de câmbio.

Com a última alta, a moeda acumula uma alta de 5,07% apenas no mês de novembro. No acmulado do ano, esse crescimento é de 8,74%. O recorde anterior de fechamento do dólar na comparação com o o real tinha sido atingido há cerca de uma semana. No último dia 18 de novembro, a moeda estrangeira subiu 0,32%, encerrando o dia a R$ 4,206.

Guerra comercial continua

As negociações comerciais entre China e Estados Unidos marcaram o mercado nesta segunda-feira. A expectativa dos investidores era que uma negociação comercial entre os dois paíes colocasse fim a guerra comercial que se arrasta desde o começo de 2018.

Segundo infomações do G1, um veículo estatal chinês informou que os dois países estão próximos de um acordo. Mas, mesmo assim, muitos agentes continuam cautelosos com a demora no acerto dos ajustes.

Em outubro, após reunião na Casa Branca, o presidente dos Estados Unidos,  Donald Trump , havia afirmado que a primeira fase do acordo seria assinada ainda em novembro.

Saída de dólares do Brasil

Internamente, também repercutiu no mercado o déficit de US$ 7,9 bilhões nas transações correntes em outubro, maior que os US$ 5,8 bilhões projetados pelo Banco Central (BC). Os dados voltam a chamar atenção para a saída de divisas do país, movimento que enfraquece o câmbio.

“(As notícias otimistas sobre o comércio) deveriam gerar um movimento de queda do dólar no Brasil, mas aí saíram esses dados sobre conta corrente abaixo do esperado”, explicou Alvaro Bandeira, economista-chefe do banco digital Modalmais.

BC mantém estratégia

O Banco Central (BC) tem mantido a estratégia de intervenção no câmbio, mesmo com a alta da moeda norte-americana. O BC vendeu todos os 15.700 contratos de swap cambial tradicional em rolagem do vencimento janeiro 2020. Mais cedo, o BC não havia aceitado propostas em leilão de dólar à vista e de swap cambial reverso.

Também nesta segunda, o BC fez a rolagem integral de US$ 1,5 bilhão em linha de moeda com compromisso de recompra, volume que até então precisaria voltar ao BC no começo de dezembro.

 

 

Por IG