Dois homens são presos suspeitos de duplo homicídio em Rio Preto

0
Guarda Civil Municipal achou dois corpos jogados em canavial de Rio Preto (Foto: Reprodução/TV TEM)

Um deles é comerciante e confessou à polícia que, com a ajuda de um amigo, matou os dois moradores de rua.

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (30), dois homens suspeitos de terem matado dois moradores de rua no último fim de semana. Os corpos foram achados em um canavial, no bairro Bela Vista, em São José do Rio Preto (SP), pela Guarda Civil Municipal.

De acordo com policiais do Núcleo de Investigações da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) e da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise), um dos suspeitos é comerciante, tem 52 anos e confessou que, com a ajuda de um amigo, de 59 anos, matou os dois moradores de rua, que o teriam ameaçado.

Segundo os investigadores, o comerciante disse que há tempos tinha desavenças com um dos moradores de rua e que, no começo deste ano, ele teria ido à sua casa com outro homem armados de revólver e faca. O comerciante contou à polícia que reagiu e deu um tiro de espingarda no rosto do morador de rua, que teria ido sozinho ao hospital e dito ao médico que sofrera acidente de carro, porque já teria planos de vingança.

Segundo polícia, caminhonete foi usada oara levar vítimas ao canavial (Foto: Divulgação/TV TEM)
Segundo polícia, caminhonete foi usada oara levar vítimas ao canavial (Foto: Divulgação/TV TEM)

O comerciante declarou à polícia que cerca de uma semana antes do homicídio, um dos moradores de rua foi com a outra vítima, ainda não identificada, até seu comércio e o teriam ameaçado de morte. No dia do crime, conforme informações da polícia, os dois moradores de rua foram à chácara do comerciante, que os rendeu e os colocou em sua caminhonete.

De acordo com a polícia, o suspeito contou que ele e o amigo, que também estaria na chácara, levaram os dois moradores até uma estrada próxima a um canavial, onde o comerciante confessou ter atirado contra os dois homens com um revólver e que seu amigo os golpeou com faca. Em seguida, fugiram.

A polícia apreendeu uma cartucheira de dois canos calibre 28 na casa do comerciante, que teria sido usada por ele na briga do começo do ano. A arma usada no crime ainda não foi encontrada. Os investigadores também apreenderam facas suspeitas de terem sido usadas pelo amigo.

Os dois foram presos temporariamente por duplo homicídio. Além disso, o comerciante vai responder por porte de arma de fogo.