Diário do Verdão – Com boa sequência, Hyoran recebe propostas do Palmeiras e do exterior

0

Meia se firma como titular na Chapecoense e tem possibilidade de deixar o clube no fim deste mês; jogador prega foco no campo e deixa negociações com o empresário

Gol Hyoran Chapecoense (Foto: André Durão)Hyoran recebe sondagens e propostas de outros clubes (Foto: André Durão)

Revelado pela Chapecoense ao futebol profissional, Hyoran, de 23 anos, tem chamado a atenção no Campeonato Brasileiro. Nos últimos dias, recebeu propostas de outros clubes, além de sondagens sobre sua situação no Verdão do Oeste. O camisa 10 tem vínculo com o time catarinense até maio de 2017.

Um dos clubes que apresentou oferta foi o Palmeiras – que não a confirma –, mas, inicialmente, ela não teria agradado à direção da Chape. Fluminense e Santos entraram em contato para saber qual a situação do vínculo do jogador. Mas não para por aí. Há também clubes do exterior interessados no meio-campista, com proposta oficializada.

Desde segunda-feira em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina, o empresário de Hyoran, Fábio Bleiter, se reuniu com os dirigentes da equipe alviverde para conversar sobre o futuro do atleta e discutir as propostas. A ideia é chegar a uma decisão que seja boa para todas as partes.

Como a janela de transferências internacionais na Europa fecha no dia 31 de agosto, os próximos dias podem ser os últimos do meia na Chapecoense. Se houver acerto com um time da Série A, a saída de Hyoran deverá ocorrer somente depois do Brasileirão, pois ele já tem sete partidas na elite nacional. A multa rescisória do profissional é de 4 milhões de euros (quase R$ 15 milhões) para outro clube do Brasil e de 6 milhões de euros (pouco mais de R$ 21 milhões) para fora do país.

Sobre  as sondagens e ofertas, deixo nas mãos da Chapecoense e do meu empresário.
Hyoran

Após a chegada do técnico Caio Júnior, Hyoran recuperou a titularidade. Ele atuou nos últimos sete jogos da equipe verde e branca e não esconde a felicidade com o desempenho. Sobre uma possível negociação, o meia diz que seu foco é o trabalho em campo e deixa a carreira sob os cuidados do seu empresário.

– Trabalhei muito para buscar essa sequência, essa titularidade. Joguei muito jogos, mas não lembro de ter tido uma sequência tão boa. Isso é bom para mim, para o clube. Estou muito feliz nesse momento e quero me doar ao máximo. Sobre as sondagens, fico mais fora disso. Deixo nas mãos da Chapecoense e do meu empresário. Meu empresário veio conversar com o clube, saber da ideia do clube. Devo muito à Chapecoense. Se houver uma transferência agora ou no fim do ano, quero que tenha uma compensação financeira. Quero deixar as portas abertas. É o time da minha cidade, do meu coração. Mas eu vou continuar focado no campo – disse o jogador, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Caso não seja concretizada a transferência de Hyoran para outro clube, a Chapecoense pretende renovar o contrato do jogador por mais dois anos. Os desdobramentos serão conhecidos nos próximos dias. Enquanto isso, o atleta natural de Chapecó evita que a ansiedade atrapalhe suas atuações.

– Por ver o desenvolvimento da Chapecoense, fui criando o desejo de jogar aqui. Quando a Chapecoense abriu as portas para mim, fiquei muito feliz. Quero corresponder e continuar bem dentro de campo. E quem sabe numa transação futura, ajudar o clube também financeiramente.

Hyoran Chapecoense (Foto: Cleberson Silva/Chapecoense)Meia tem 23 anos e quatro gols na temporada; contrato com a Chape vai até maio (Foto: Cleberson Silva/Chapecoense)

DEIXE UMA RESPOSTA