Diário do Timão – Love, Luciano, André… No Corinthians, Gustavo é nova tentativa pós-Guerrero

0

Atacante de 22 anos chega com pompa de artilheiro para ser o que André e Luciano não conseguiram ser em 2016. No ano passado, Love sofreu, mas conseguiu vencer

Ser o homem-gol do Corinthians tem sido tarefa difícil desde que Guerrero, herói do título mundial de 2012, deixou o clube em maio de 2015. Vagner Love, substituto imediato do peruano, conseguiu terminar o ano como campeão brasileiro e artilheiro do time. Mas o caminho até lá foi árduo, cheio de críticas e desconfianças. André e Luciano, esperanças em 2016, fracassaram.

Contratado por conta dos gols feitos pelo Criciúma na Série B, Gustavo chega com pompa de artilheiro. Aos 22 anos, já marcou 18 gols na temporada – 11 deles na Segundona. Centroavante trombador e de bom no jogo aéreo, explorando bem seus 1,89m de altura, ele contará com a ajuda dos companheiros para marcar nas chances que a equipe vem criando e desperdiçando.

 

Gustavo Criciúma (Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma EC)
Gustavo tem 18 gols nesta temporada, 11 na Série B (Foto: Fernando Ribeiro/Criciúma EC)

– Vai ajudar, com certeza. Já mostrou isso no Criciúma, que sabe fazer gol, então o quanto antes puder entrar para nos ajudar, vamos ficar felizes. Quando ele estiver em campo, vou ajudar da melhor maneira possível. Seja pelo alto ou por baixo – disse o lateral-direito Fagner, ao ser perguntado em entrevista coletiva se a presença de um “matador” trará benefícios no jogo aéreo.

 

Maior artilheiro estrangeiro da história do Corinthians, Guerrero deixou o clube com 54 gols marcados em 130 jogos, três títulos conquistados (Mundial, Recopa e Paulistão), além de ter participado dos primeiros jogos da campanha do hexa. Herdeiro do comando de ataque, Love teve dificuldades no início, perdeu a vaga para Luciano e só se firmou no time por conta da lesão sofrida pelo companheiro, que ficou seis meses fora. Com dificuldades no início, Love deixou o clube com 16 gols em 50 jogos, sendo 14 deles no Brasileirão. Em janeiro, foi para o Monaco.

Contratado para ser o principal atacante do Timão nesta temporada, André também decepcionou no início, mas a diretoria apostava em enredo semelhante ao de Love, terminando com volta por ima. Com seis gols em 29 jogos, ficou mais marcado pelo pênalti perdido contra o Nacional do Uruguai nas oitavas de final da Libertadores. Não conviveu bem com vaias e críticas. Procurado pelo Sporting, de Portugal, partiu nesta semana, rendendo algum dinheiro ao clube.

Luciano, autor de um único gol na temporada após se recuperar da lesão no joelho, foi emprestado ao Leganés, da Espanha, até o fim do ano que vem, quando termina o seu contrato.

Próximo adversário: Ponte Preta
Local: Moisés Lucarelli, Campinas
Data e horário: sábado, às 16h (de Brasília)
Escalação provável: Cássio, Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Cristian e Elias; Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Marlone; Guilherme
Pendurados: Guilherme, Uendel, Yago, Pedro Henrique, Rodriguinho e Giovanni Augusto
Arbitragem: Luiz Flávio de Oliveira (Fifa-SP), Emerson Augusto de Carvalho (Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Desfalque: Rildo e Danilo
Tempo Real: GloboEsporte.com, a partir das 15h

DEIXE UMA RESPOSTA