Diário do Timão – Análise: como Cristóvão transformou o Timão com apenas uma mudança

0

Após péssimo primeiro tempo, treinador arrisca com entrada de centroavante no lugar de volante e muda a partida. Marlone e Léo Príncipe se destacam pelo lado direito

Cristóvão Borges deu nesta quinta-feira uma resposta aos críticos que o acusam de fazer alteraçõesruins em suas equipes. Depois de ser engolido pela forte marcação do Sport no primeiro tempo, o Corinthians atropelou a equipe pernambucana com uma única mudança feita pelo treinador no intervalo e venceu por 3 a 0, pela 23ª rodada do Brasileirão. Se o título parece um sonho distante, a quarta vaga na zona de classificação para a Libertadores ainda é alvinegra. E a pressão da Fiel sobre o técnico pode diminuir.

Foi um primeiro temposofrível do Corinthians. O Sport forçou a marcação sobre a defesa alvinegra e acabou com a saída de bola do Timão. Seja pelas laterais ou pelo meio, os corintianos não tiveram força para atacar. Giovanni Augusto, Marlone e Lucca viveram de lances isolados e nada produziram. Os números resumiram as atuações. Foram dez finalizações dos pernambucanos contra apenas três dos paulistas.

Sport força a marcação na saída de bola do Corinthians (Foto: GloboEsporte.com)
Sport força a marcação na saída de bola do Corinthians (Foto: GloboEsporte.com)

Por sorte, a pontaria do Sport não foi das melhores. Lembra daquela defesa do Cássio em chute cara a cara de Diego Souza nas quartas de final da Libertadores de 2012, contra o Vasco? Então…
Cristóvão mostroucoragem ao deixar o Corinthians com apenas Camacho na marcação no meio de campo no segundo tempo. A saída de Cristian e a entrada do estreante Gustavo alteraram outras posições. Luccaficou pela esquerda, enquanto Giovanni Augusto passou a atuar pelo meio, tendo Rodriguinho mais próximo. Ficou assim:

Cristóvão deixa Camacho como primeiro volante e melhora o Corinthians (Foto: GloboEsporte.com)
Cristóvão deixa Camacho como primeiro volante e melhora o Corinthians (Foto: GloboEsporte.com)

Com menos de um minuto do segundo tempo, parecia que não daria certo. Né, Cássio?!

Cristóvão ainda procura um time titular. Dificilmente será esse com Camacho na função de primeiro volante. Mesmo assim, o Timão segue em quarto lugar, apenas seis pontos abaixo do líder e rival Palmeiras. Em um ano de tantas mudanças, de um desmanche sem fim, a vaga na Libertadores vale como título.

DEIXE UMA RESPOSTA