Diário do Peixe – Santos mostrará arena e 3º uniforme “surpreendente” a conselheiros

0

Na próxima terça-feira, em reunião extraordinária, clube detalhará o projeto do novo estádio e tentará a aprovação da nova camisa junto aos dirigentes

Vila Belmiro - Santos (Foto: Marcos Ribolli)Vila Belmiro é a casa do Santos desde 1916 (Foto: Marcos Ribolli)

O Santos vai apresentar detalhes do projeto de construção de uma arena e solicitar a aprovação do novo uniforme aos conselheiros na noite da próxima terça-feira, em reunião extraordinária, na Vila Belmiro.

A planta do novo estádio já está pronta. O Peixe assinou uma carta de intenções junto a uma empresa de arquitetura e ao clube Portuários, que possui parte do terreno onde a arena deve ser construída.

Pelo projeto, o estádio será erguido em terrenos do Portuários e da SPU (Secretaria de Patrimônia da União). A área prevista é de 79 mil m², quase cinco vezes maior que a da Vila Belmiro, e o projeto inclui 1.900 vagas de estacionamento, praça de alimentação, lojas e espaço para matchday – onde associados do Peixe poderão participar de promoções e conhecer jogadores, por exemplo.

A construção seria viabilizada por investidores ingleses, sem auxílio financeiro da prefeitura de Santos, como foi estudado anteriormente. O objetivo santista, até pelas dificuldades de caixa, é não gastar e dividir lucros de renda e shows da arena com as empresas e demais envolvidos.

No papel, o novo estádio tem capacidade para cerca de 25 mil pessoas. Se aprovado o projeto, a expectativa é de que fique pronto em 2020. O Alvinegro deseja que o desenho da arena lembre a Vila Belmiro, que passaria a ser utilizada para eventos e jogos menos importantes.

Lançamento do uniforme do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)Santos vai lançar terceiro uniforme em breve (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Já o terceiro uniforme vai ser “surpreendente”, segundo a Kappa, e não será branco ou preto. Por isso, conforme o estatuto do Peixe, precisa ser aprovado pelos conselheiros.

As camisas 1 e 2 não fugiram do padrão: brancas e listradas. Já o novo manto deve ser alternativo. A empresa italiana promete ousar para surpreender o torcedor e o modelo está sendo guardado a sete chaves.

A estratégia de produção do uniforme do Alvinegro é inovadora. O clube centralizou todo o processo e contratou quatro empresas: a Kappa, que desenha os modelos, a SPR, que distribui, a Filon, que cuida da produção, e a Meltex, responsável por gerenciar as lojas santistas. Assim, o Santos tem a maior parte do lucro das vendas.

DEIXE UMA RESPOSTA