Diário do Peixe – Retornos importantes e padrão Vila: veja como Santos enfrenta o Coritiba

0

Peixe conta com Vanderlei e Lucas Lima de volta e quer atuar como na Vila Belmiro para vencer o Coxa e seguir nas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro

Dorival Júnior e Lucas Lima Santos (Foto: Ivan Storti / Divulgação Santos FC)
Dorival Júnior conta com Lucas Lima neste domingo (Foto: Ivan Storti / Divulgação Santos FC)

O Santos está mais forte para enfrentar o Coritiba neste domingo, às 18h (de Brasília), no Couto Pereira, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de sofrer com lesões e suspensões, o técnico Dorival Júnior conta com quase todos à disposição, à exceção do trio olímpico Zeca, Thiago Maia e Gabriel.

Vanderlei e Lucas Lima retornam após suspensões e serão titulares. O meia está fortalecido após programa especial de recondicionamento físico, e o Peixe espera que ele possa retomar ao melhor nível a partir desta partida contra o Coxa.

O objetivo do Alvinegro é manter a postura agressiva da Vila Belmiro no Couto. Durante a semana, os santistas treinaram para manter a posse de bola e pressionar o adversário no campo de defesa. Dorival quer que o time esteja compacto, com os zagueiros e laterais avançados, para “encurtar o campo” e facilitar a recomposição.

Com retorno de Vanderlei e Lucas Lima, Santos quer manter a postura da Vila Belmiro contra o Coritiba (Foto: GloboEsporte.com)
Com retorno de Vanderlei e Lucas Lima, Santos quer manter a postura da Vila Belmiro contra o Coritiba

Como o Coritiba briga contra o rebaixamento (está na 16ª colocação), e joga em casa, o Santos acredita que os mandantes irão atacar e abrir espaços que poderão ser utilizados em contra-ataques.

Com apenas um volante de origem (Renato), e o meia Léo Cittadini recuado para ajudar a proteger a defesa, Dorival segue contando com ajuda de Vitor Bueno e Copete na marcação. Lucas Lima vai precisar acompanhar os volantes e Ricardo Oliveira atrapalhar a saída de bola nos zagueiros.

Diferentemente da derrota diante do América-MG, por 1 a 0, em que vinha de viagem para enfrentar o Flamengo em Cuiabá e atuou em manhã de muito calor em Belo Horizonte, o Peixe teve a semana livre para treinamentos e está em plenas condições físicas.

– A situação é diferente, não quer dizer que Coritiba não possa ganhar, mas as possibilidades são diferentes de 15 dias atrás. Tivemos problemas extracampo, não foi só o adversário (América-MG) que se comportou bem. Problemas além dos normais. Via uma situação muito difícil para reagir, principalmente depois da expulsão (de Vanderlei). Agora é diferente. Fator físico não vai ser problema que se possa justificar – projeta Dorival Júnior.

O Alvinegro é o vice-líder do Campeonato Brasileiro, com 36 pontos. O primeiro colocado é o Palmeiras, com 39. O Peixe tem a melhor defesa e o segundo melhor ataque da competição.

DEIXE UMA RESPOSTA