Cunha apela a amigo de infância por novo Fórum

0
Prédio do Fórum é antigo e não comporta movimento atual

O município é se de Comarca e cobre seis municípios, atendendo a mais de 100 moradores

O prefeito de Olímpia, Fernando Cunha (PR) quer a construção de um novo prédio na cidade. A obra, avaliada em R$ 10 milhões seria para dar suporte ao movimento do Judiciário, que hoje atende a seis municípios da região. Cunha recorreu ao desembargador Sérgio Moreira da Silva, seu amigo de infância para abrir portar para negociação com o presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ).

Entre as justificativas para a obra do Fórum, o prefeito explicou ao presidente do TJ Manoel de Queiroz Pereira Calças, que atualmente o Judiciário local atende mais de 100 mil pessoas de seis municípios da Comarca, com um movimento processual de cerca de 13.500 ações judiciais. Cunha disse que o espaço físico atual é insuficiente para acomodação de processos e funcionários.

Outras dependências ligadas ao Judiciário, como o Cartório Eleitoral e outros, estão funcionando em outros prédios alheios em razão da falta de espaço, o que gera despesas extras, descentralização dos trabalhos, necessidade de deslocamento e dificuldade no trabalho dos servidores e no atendimento da população.

Durante o encontro, o prefeito de Olímpia e o juiz diretor do Fórum, Lucas Figueiredo Alves da Silva, pediram prioridade para o atendimento da reinvindicação entre os municípios do estado. O caso vai ser levado ao colegiado do Tribunal de Justiça. A obra que está orçada em R$ 10 milhões de recursos teria a contrapartida de 20% do município.

Outro pedido de Fernando Cunha foi para a criação de duas vagas de juiz auxiliar para a cidade, com base no Projeto de Lei Complementar 34/2017. O pleito é uma antiga reivindicação do judiciário tendo em vista a demanda crescente de processos e a estrutura do local.