Cuca protege reservas e vê lições que o Palmeiras pode tirar da derrota no Sul

0
Cuca durante a partida contra a Chapecoense, fora de casa (Foto: Cesar Greco/Ag Palmeiras/Divulgação)

Treinador do Verdão evita se lamentar por tropeço contra a Chapecoense e destaca preparação de quem ficou em São Paulo treinando para o jogo de quarta

Tudo devidamente calculado, por mais que o resultado não tenha sido o desejado. O técnico Cuca tratou logo de tentar transformar em algo positivo a derrota por 1 a 0 deste sábado, para a Chapecoense, na Arena Condá, pela segunda rodada do Brasileirão. Tudo para não atrapalhar o foco do grupo na preparação para a partida decisiva contra o Atlético Tucumán, quarta-feira, pela Libertadores.

– Não tem do que reclamar. Eles (Chape) foram mais eficazes, o jogo poderia ter ido para o empate. Sempre tem de tirar lições para jogos importantes que vamos ter na frente. Saber se posicionar, saber que, empatando até o fim, a chance é maior de ganhar. Lições que esse grupo vai levar para mata-matas que vão correr pela frente – falou o treinador palmeirense, que conheceu sua primeira derrota neste retorno ao clube. Ele havia vencido Vasco (4 a 0), pelo Brasileiro, e o Internacional (1 a 0), pela Copa do Brasil.

Após optar por uma formação praticamente reserva, Cuca fez questão também de tirar o peso das costas de quem entrou na equipe em Chapecó e frisou que o tropeço não se deu apenas pela falta de entrosamento.

– Pega um pouco, mas não serve como justificativa porque eles treinam juntos. Não todos, alguns. Hoje lançamos Iacovelli, Juninho… Eu vi atrás uma defesa sólida no primeiro tempo. No segundo, cedemos alguns contra-ataques. Não tem o que lamentar. Apenas não somar ponto, que é ruim. Mas a estratégia lançada foi pensando na quarta-feira. Quem ficou em São Paulo não ficou descansando, ficou treinando – completou Cuca.

– Também não era garantia de vitória se viessem (os titulares), mas ficaram trabalhando numa condição em que estarão 100% na quarta. Tomara que, lá na frente, a gente recupere esses pontos perdidos aqui – disse o treinador.

TAGS: KLEBER MOREIRA DIRETOR RIO PRETO, JORNAL BOM DIA