Corpo de piloto que morreu em acidente na Anhanguera é enterrado em Jundiaí

0
Vinicius Margiota, de 23 anos, morreu em um acidente na Rodovia Anhanguera em Jundiaí — Foto: Facebook/Reprodução

O corpo do piloto automobilístico Vinicius Margiota foi enterrado em um cemitério de Jundiaí (SP) às 14h30 desta quinta-feira (18). Ele tinha 23 anos e morreu em um acidente na Rodovia Anhanguera (SP-330) na quarta-feira (17).

Familiares e amigos velaram o corpo do jovem no Cemitério Parque dos Ipês, no Recanto Quarto Centenario.

O acidente que causou a morte do piloto aconteceu por volta das 3h30, quando ele bateu de frente com uma carreta.

Segundo o motorista do caminhão, o piloto dirigia na contramão da alça de acesso da rodovia e estava em alta velocidade. A Polícia Rodoviária encontrou dentro do carro de Vinicius uma garrafa de bebida alcoólica, restos de maconha e um frasco de remédios.

Investigação e carreira

De acordo com a Polícia Civil, que investiga o caso, o corpo da vítima foi submetido a exames toxicológico (consumo de drogas) e de alcoolemia (nível de álcool no sangue).

Segundo o delegado Ruiter Martins, os resultados devem ficar prontos em um prazo de 30 dias. Apesar do impacto, o motorista da carreta não se feriu.

Margiota foi campeão na categoria Sprint Race, em 2016, e competiu na categoria Light da Stock Car nas temporadas 2017 e 2018.

Em 2016, o TEM Notícias contou a história de Margiota, que estava prestes a conquistar o troféu de campeão da Sprint Race.