Condenada por comprar remédios sem licitação, ex-prefeita se entrega e vai para penitenciária

0
Sandra Sclauser, ex-prefeita de Presidente Alves, foi condenada a 5 anos e 10 meses em regime semi-aberto (Foto: Arquivo / Reprodução TV TEM)

Ex-prefeita de Presidente Alves (SP), Sandra Sclauser foi condenada a 5 anos e 10 meses de prisão em regime semiaberto.

A ex-prefeita de Presidente Alves (SP) Sandra Sclauser se entregou à polícia na manhã desta quinta-feira (20), após a Justiça decretar, na quarta (19), mandado de prisão contra ela. A ex-prefeita foi condenada em última instância por compra irregular de medicamentos no período em que exerceu seu mandato, de 2006 a 2011.

Segundo a investigação do Ministério Público, Sandra comprou mais de R$ 500 mil em medicamentos sem licitação. A pena definida para ela foi de cinco anos e dez meses de detenção, em regime semiaberto, além do pagamento 18 salários mínimos (R$ 18.866,00, em valores atuais).

Sandra se entregou à Polícia Militar de Pirajuí e foi encaminhada à delegacia da cidade, onde permaneceu algumas horas antes de ser transferida para o presídio feminino, também em Pirajuí. A defesa da ex-prefeita informou à reportagem da TV TEM que vai analisar o caso para definir quais medidas pode adotar.

Sandra Sclauser, ex-prefeita de Presidente Alves, foi condenada a 5 anos e 10 meses em regime semi-aberto (Foto: Arquivo / Reprodução TV TEM)
Sandra Sclauser, ex-prefeita de Presidente Alves, foi condenada a 5 anos e 10 meses em regime semi-aberto (Foto: Arquivo / Reprodução TV TEM)