Concurso PRF: Acidentes nas rodovias federais aumentam por falta de fiscalização

0

Déficit de funcionários na Polícia Rodoviária Federal expõe necessidade da realização de novo concurso. Edital com 2.000 vagas para policial em 2021

Levantamento realizado pela Confederação Nacional de Transporte (CNT) em conjunto com o programa de segurança SOS Estradas, aponta que a falta de investimentos e fiscalização tem contribuído para um aumento no número de acidentes das rodovias federais.

De acordo com o estudo, é a primeira vez que a curva de mortos e feridos nas estradas muda negativamente após sete anos de queda. A média de mortos, considerando os três primeiros meses de 2019 e os dois últimos meses do ano, passou de 398 por mês para 496; um aumento de 24%; enquanto a média de feridos aumentou 16%. O que indica que a certeza da impunidade estimulou os infratores.

E falta de fiscalização não se deve apenas à medida de desligamento de radares por determinação do governo federal. Faltam funcionários nas rodovias.

A Polícia Rodoviária Federal conta com uma defasagem assustadora de pessoal para a carreira de Policial, o que tem ocasionado o fechamento de postos da PRF em várias partes do país. De acordo com o último balanço da instituição, atualmente, 2.597 cargos para Policial Rodoviário Federal estão vagos. O número, porém, deve subir para 3.710 até o fim de 2021, podendo chegar a 5 mil em 2022.

Edital do novo concurso PRF deve sair nos próximos dias

Por tudo isso a PRF tem urgência na realização de um novo concurso, que já está em análise no Ministério do Economia e, inclusive, já foi autorizado pelo presidente Jair Bolsonaro, pois a seleção é a única saída para a crise de efetivo pela qual passa o departamento nos últimos anos.

Ao todo serão oferecidas 2.000 vagas para a carreira de policial rodoviário. Para concorrer é exigido nível superior em qualquer área de formação, além de carteira de habilitação a partir da categoria “B”. A remuneração inicial é de R$ 10.357,88, já considerando o auxílio-alimentação de R$ 458,00.

O novo concurso PRF deverá contar mais uma vez com a logística do Cebraspe (antigo Cespe/UnB) para aplicação das etapas da seleção. O diretor-executivo da PRF, José Lopes Hott Junior já adiantou que a seleção deverá ser feita seguindo os mesmos moldes do concurso anterior. Desta forma, contará com provas objetivas e dissertativas, análise de títulos, testes de aptidão física, avaliação psicológica, avaliação biopsicossocial, avaliação de saúde, investigação social e curso de formação.