Comerciante é flagrado ao vender linha chilena em bairro de Catanduva

0
Linhas e pipas apreendidas pela Guarda (Foto: Divulgação/GCM)

No local, a Guarda Municipal apreendeu um estoque com 32 novelos e três carretéis com material, que é mais cortante do que a linha com cerol.

Material apreendido pela Guarda Municipal (Foto: Divulgação/Guarda Municipal)
Material apreendido pela Guarda Municipal (Foto: Divulgação/Guarda Municipal)

A Guarda Municipal de Catanduva (SP) flagrou um comerciante vendendo linha chilena no bairro Parque Glória 6 nesta terça-feira (25). Na loja dele, a GCM apreendeu um estoque de mercadoria com 32 novelos e três carretéis contendo o material cortante.

A linha chilena é uma espécie de cerol industrializado e é mais cortante do que a linha com cerol comum. O estabelecimento alvo da ação foi identificado por meio de denúncia. “Chegamos ao local e, após muitas conversas, o proprietário acabou confessando que vendia esse tipo de material”, afirma o comandante da guarda, Luís Carlos Larocca.

O comerciante foi multado e poderá ter o alvará cassado em caso de reincidência. A população pode colaborar com a fiscalização, por meio de denúncia pelo telefone 153. Nessa etapa da fiscalização, foram apreendidas 12 pipas e 14 latas contendo cerol e linha chilena.

Em mais uma rodada de operação contra o uso de cerol, a GCM fez rondas nos bairros Nova Catanduva I e II, Imperial, Gabriel Hernandez, Gaviolli, Pachá, Giuseppe Spina, Parque Glória, Sebastião Moraes, Nova Europa e Juliatti de Carvalho.