Cinco macacos são encontrados mortos em mata em Rio Preto

0
Mata onde macacos foram encontrados mortos (Foto: Reprodução/ TV TEM)

Secretaria recolheu animais para analisar suspeita de febre amarela.
Macacos estavam em mata que fica próxima a três bairros.

Mais cinco macacos foram encontrados mortos em São José do Rio Preto (SP) nesta semana, com suspeita de febre amarela. Os macacos estavam em uma mata que fica perto dos bairros Caic, Cristo Rei e Vila Toninho.

A Secretaria de Saúde recolheu dois animais que serão analisados para confirmar se a morte tem relação com a febre amarela. Os outros três macacos foram enterrados por uma moradora.

A mata fica muito próxima as casas, por isso, a orientação para os moradores destes bairros é se vacinar o quanto antes e eliminar os criadouros do mosquito Aedes aegypti, que pode ser o transmissor da febre amarela na cidade.

Nesta quarta-feira (18), agentes da Secretaria de Saúde de Rio Preto começaram a visitar os imóveis próximos a mata orientando a população e fazendo a vistoria nas casas e terrenos.

A febre amarela começou a preocupar a população na região em maio do ano passado, quando um homem morreu com a doença em Bady Bassitt. Quatro meses depois, macacos foram encontrados mortos em Rio Preto e exames confirmaram que eles também estavam com febre amarela.

Desde então, foram feitos bloqueios e vacinação em massa nas áreas onde estavam os macacos. Outras cidades também confirmaram mortes de macacos por febre amarela. Os casos foram registrados em Fernandópolis (SP), Novo Horizonte (SP), Ibirá (SP), Pindorama (SP), Potirendaba (SP), Adolfo (SP), Catanduva (SP), Catiguá (SP), Cajobi (SP), Severínia (SP), além de São José do Rio Preto e Tabapuã.

Como os casos tendem a aumentar de dezembro a maio, o Ministério da Saúde emitiu um alerta para que a população em todo país tome a vacina. Na lista do Ministério da Saúde constam praticamente todas as cidades da região noroeste paulista.

DEIXE UMA RESPOSTA