Catanduva – Prefeitura consegue regularizar Distrito IV, após 20 anos de espera

0

Prefeitura investe em ações que facilitam a instalação de mais empresas, indústrias e comércio

Este mês, a Prefeitura de Catanduva conseguiu um feito aguardado há pelo menos 20 anos. Trata-se da regularização do Distrito Industrial Pedro Luís Boso, o Distrito IV, com isso, os empresários já instalados poderão regularizar os loteamentos, e o local estará apto para receber novos empreendimentos. A Prefeitura realizou o último passo para a regularização e averbação do loteamento, que está há mais de 20 anos sem escritura e licença.
O prefeito Geraldo Vinholi comemorou a conquista. “Assinamos o último documento para definitivamente regularizar o Distrito IV, que estava há 20 anos sem escritura e licenças. Estive com os diretores da TRON, Biasi e Omar, também empenhados nesta batalha.”
O próximo passo é fazer a lavratura das escrituras dos proprietários já instalados e com isso o Distrito IV estará totalmente regularizado. Com essa vitória, as empresas conseguirão as licenças ambientais e também realizar financiamentos, o que não era possível sem a documentação.
A Prefeitura investiu em infraestrutura e em questões ambientais, garantindo às empresas melhores condições de trabalho. Foram feitas galerias de esgoto, asfalto e iluminação.
Além do Distrito IV, o prefeito Vinholi desenvolveu um plano de investimento para o setor produtivo como um todo, que contempla uma série de ações no sentido de atrair novas empresas, indústrias e comércio em geral, objetivando gerar emprego e renda para a população e recursos para o município.
Neste sentindo, de tornar Catanduva competitiva frente à região, elaborou a Lei Complementar 0827/16 – Programa de Desenvolvimento Empresarial e Industrial de Catanduva, que concede incentivos fiscais a fim de que empresas se instalem ou expandam suas atividades no município.
Muito importante também foi a construção da ETE, hoje, responsável por 100% do tratamento de resíduos. Com isso, a Prefeitura já está desativando as três lagoas de tratamento situadas entre as Avenidas Theodoro Rosa Filho e Kyonari Uemura, cujos moradores do entorno sofreram por 3 décadas com o mau cheiro proveniente dos resíduos industriais que eram lá despejados.
Ainda com foco na questão ambiental, a Prefeitura está construindo a Lagoa da Macapá, Lago dos Ypês, canalizando parte do Rio São Domingos, que no computo geral são ações que cumprem o papel de atrair e permitir geração de novas oportunidades na economia.
Presidentes da Associação Comercial e Empresarial (ACE) Catanduva e Sincomércio, já declaram que os investimentos realizados nestes últimos anos surtiram efeito muito positivo no município e que os frutos continuarão a serem colhidos por um bom tempo. Lembraram da instalação de hotéis, grandes redes de atacado, concessionárias de automóveis, tratores e caminhões.

DEIXE UMA RESPOSTA