Câmeras do terminal de Marília são interligadas a sistema de monitoramento da prefeitura

0
Enquanto catracas não voltam prefeitura busca monitorar terminar

Medida visa aumentar a segurança do local depois que o terminal transformou-se em palco de brigas que foram filmadas por usuários e as cenas circularam pelas redes sociais.

16 câmeras de segurança instaladas no Terminal Urbano de Marília serão interligadas ao sistema de monitoramento da prefeitura da cidade.

A medida, de acordo com a prefeitura, visa aumentar a segurança do local depois que o terminal transformou-se em palco de brigas que foram filmadas por usuários e as cenas circularam pelas redes sociais.

Em uma delas, registrada em janeiro deste ano, um grupo de jovens aparece trocando agressões violentas. Um deles, inclusive, estava armado com uma barra de ferro.

Em fevereiro deste ano, a prefeitura de Marília contratou uma equipe para realizar rondas e reforçar a segurança no local, porém o local continua inseguro e violento. Usuários de drogas são comuns no lugar.

A suspeita é que a situação com relação a segurança teria piorado depois que foram retiradas as catracas de acesso, em julho do ano passado. Em novembro, a prefeitura determinou que as empresas colocassem as catracas de volta, pedido que não foi atendido.

De acordo com diretor de informática da prefeitura, Eduardo Yamamoto, as imagens coletadas pelo novo sistema de segurança são enviadas instantâneamente ao Copom de São Paulo.

Terminal urbano de Marília tem câmeras interligadas a sistema de monitoramento da prefeitura (Foto: Mauro Abreu/Prefeitura de Marília)
Terminal urbano de Marília tem câmeras interligadas a sistema de monitoramento da prefeitura (Foto: Mauro Abreu/PMM)