Buscas por casal que desapareceu no rio Tietê chegam ao 4º dia

0
Bombeiros fazem buscas no rio Tietê (Foto: Reprodução/TV TEM)

Casal saiu para pescar na segunda-feira em Pereira Barreto (SP).
Bombeiros e Marinha fazem buscas pelo rio com ajuda de sonar.

O Corpo de Bombeiros e a Marinha continuam nesta quinta-feira (13) as buscas pelo casal que desapareceu no rio Tietê, em Pereira Barreto (SP), depois que saiu para pescar. O homem e a mulher, que está grávida de sete meses, saíram para pescar na manhã de segunda-feira (10) e, desde então, não foram mais vistos. Já faz quatro dias que as buscas estão sendo feitas.

Segundo o subtenente do Corpo de Bombeiros Márcio Carneiro, o desaparecimento do casal por enquanto é um mistério. “Estamos com uma equipe procurando os dois e estamos na expectativa de encontrar com vida, mas sabemos que conforme os dias passam fica mais difícil a situação. É um mistério muito grande”, afirma.

De acordo com o subtenente, além da equipe do Corpo de Bombeiros de Pereira Barreto, uma embarcação da Marinha ajuda nas buscas, inclusive com a utilização de um sonar, para tentar encontrar a embarcação, caso ela tenha afundado.  “Falamos também com os pescadores para ajudar nas buscas, em ranchos e questionando outros frequentadores do local e qualquer informação avisar a equipe dos bombeiros”, afirma.

O caso
O casal desapareceu no rio Tietê, em Pereira Barreto, na segunda-feira (10). O casal pratica pesca profissional e estava de barco no rio. De acordo com o Corpo de Bombeiros, Luís Gustavo Arvani, de 38 anos, e a mulher dele, Laudicéia Arvani, de 42 anos, saíram na manhã de segunda-feira para pescar. Os parentes estranharam quando o casal não retornou ao meio-dia, como era de costume, para cuidar dos dois filhos pequenos.

Equipes de mergulho, que contaram o apoio do helicóptero Águia da Polícia Militar e o reforço de equipes de Araçatuba (SP) e Dracena (SP), iniciaram os trabalhos durante à tarde de segunda-feira e disseram que a profundidade do rio, nos pontos onde o casal costuma ficar, pode chegar a 30 metros, o que dificulta ainda mais as buscas. A polícia acredita que as condições do tempo podem ter contribuído para o desaparecimento do casal, já que na manhã de segunda-feira o vento estava forte e o rio agitado.

Bombeiros fazem buscas no rio Tietê (Foto: Reprodução/TV TEM)
Bombeiros fazem buscas no rio Tietê (Foto: Reprodução/TV TEM)

DEIXE UMA RESPOSTA