Bombeiros usam avião para tentar apagar incêndio em Suzanápolis

0

Duas equipes dos bombeiros estão trabalhando no local do incêndio. O tamanho da área destruída pelo fogo ainda não foi calculado.

O Corpo de Bombeiros conta até com ajuda de um avião para tentar apagar um incêndio que começou na quinta-feira (21) e continua até a noite deste sábado (23) em Suzanápolis (SP). As chamas já duram mais de 50 horas.

Duas equipes dos bombeiros estão trabalhando no local do incêndio. O tamanho da área destruída pelo fogo ainda não foi calculado.

A polícia suspeita que tudo começou depois que funcionários de uma fazenda colocaram fogo no lixo e vai investigar. Áreas de pastagem, de preservação ambiental e lavouras inteiras foram atingidas. O fogo consumiu pelo menos 300 hectares de cana-de-açúcar, pastagens e várias áreas de mata nativa.

Os bombeiros trabalham há dois dias para combater o incêndio. Caminhões de usinas da região também ajudam no trabalho e um avião da Secretaria de Segurança Pública do Estado é usado, jogando água e espuma nas áreas mais críticas.

Segundo os bombeiros, esse já é o maior incêndio em áreas rurais da região de Pereira Barreto (SP) desde o início da estiagem, há três meses. “A dificuldade é muito grande por causa do tamanho da área. O mato está muito seco, e outro fator que está propagando rápido o fogo é o vento muito forte”, afirma o sub-tenente do Corpo de Bombeiros Márcio Carneiro.

Bombeiros e caminhões de usina da região ajudam no combate ao fogo (Foto: Reprodução/TV TEM)
Bombeiros e caminhões de usina da região ajudam no combate ao fogo (Foto: Reprodução/TV TEM)
Mata de preservação ambiental queimada em Suzanápolis (Foto: Reprodução/TV TEM)
Mata de preservação ambiental queimada em Suzanápolis (Foto: Reprodução/TV TEM)