Bombeiros retiram parte do caminhão que caiu de ponte no Rio Paranapanema após acidente

0

Veículo que despencou de uma ponte em Florínea após acidente com carreta estava a 12 metros de profundidade, mas a cabine continua submersa. Motorista segue desaparecido.

O Corpo de Bombeiros de Florínea (SP) retirou na tarde desta quinta-feira (2) parte do caminhão que caiu de uma ponte sobre o Rio Paranapanema após uma colisão com uma carreta na quarta-feira (1º).

Parte do chassi do caminhão foi retirada do Rio Paranapanema, mas motorista segue desaparecido (Foto: Guilherme Dias / Defesa Civil de Florínea)
Parte do chassi do caminhão foi retirada do Rio Paranapanema, mas motorista segue desaparecido (Foto: Guilherme Dias / Defesa Civil de Florínea)

O veículo estava a 12 metros de profundidade, foi puxado por cabos de um outro caminhão tipo guincho, mas a cabine continua submersa. O motorista continua desaparecido e as buscas foram interrompidas no fim da tarde.

Logo pela manhã, mergulhadores do Corpo de Bombeiros retomaram as buscas para encontrar o motorista, mas o trabalho é considerado complicado porque as chuvas dos últimos dias deixaram o Paranapanema com água barrenta e de baixa visibilidade.

O acidente aconteceu na Rodovia Miguel Jubran na ponte que liga os estados de São Paulo e o Paraná. O motorista perdeu o controle após chocar-se com uma carreta, derrubou a mureta de proteção e caiu no rio de uma altura de 40 metros.

Amigos e parentes de Fábio de Souza, de 39 anos, o motorista de Cornélio Procópio (PR) que está desaparecido, reconheceram as partes do caminhão retiradas das águas do Paranapanema e seguem acompanhando as buscas.

Parentes de Fábio de Souza, o motorista do Paraná que está desaparecido, reconheceram o caminhão retirado das águas (Foto: Arquivo pessoal)
Parentes de Fábio de Souza, o motorista do Paraná que está desaparecido, reconheceram o caminhão retirado das águas (Foto: Arquivo pessoal)