Bitcoin é a moeda do presente

0
Famílias carentes são beneficiadas com as transações em Bitcoins. Foto: Jair Viana

Numa visão objetiva e realista, essa criptomoeda não é apenas a sensação do sistema financeiro, mas uma ponte que permite a travessia de um abismo que separa pessoas de coisas básicas como o arroz e o feijão.

O Bitcoin não é a moeda do futuro.Para a Tree Part, o Bitcoin é o dinheiro do presente, que já está mudando a vida de centenas de famílias carentes do Nordeste brasileiro e de países da África.

Nesses lugares, a Tree Part, através de seu braço social, o programa Guardiões do Futuro, vem atuando e transformando vidas.

Famílias que não tinham o básico para se alimentar, hoje, com a ação social da Tree Part, essas pessoas, especialmente crianças e idosos, podem lançar mão de alimentos de qualidade.

No Nordeste, a equipe do Guardiões do Futuro foi impactada com o depoimento de um garoto com cerca de 6 anos de idade. Várias criança já haviam revelado seus sonhos, quando este menino surpreendeu a todos ao falar de seu sonho. “Meu sonho é comer arroz e feijão”, disse, comovendo a todos.

CAMPANHA RELÂMPAGO

No último dia 29 de junho, durante seminário de liderança da Tree Part, foi proposta uma campanha para arrecadar fundos para a assistência aos nordestinos e africanos. No Brasil, o programa Guardiões do Futuro projeta a construção de mais de cem casas ao custo de R$ 20 mil cada unidade.Em menos de meia hora os participantes doaram 58 casas.

A campanha arrecadou no auditório e através da Internet cerca cerca de R$ 2 milhões.

Ao contrário do que acontece no segmento, a Tree Part persegue a redução da mortalidade infantil, contribuindo, também no combate à criminalidade. Com um olhar solidário, a holding investe forte neste campo.

Com esses projetos sociais, a Tree Part cumpre um papel importante e evidencia que seu alvo não é enriquecer seus idealizadores, mas mudar a história e a vida de pessoas que vivem uma realidade ignorada por muitos.

Por este e outros projetos de políticas públicas é que a Tree Part busca a popularização do Bitcoin não só como moeda, mas como meio de transformação e realização dos mais variados sonhos, inclusive e especialmente, como daquele garotinho cuja vontade era apenas comer arroz e feijão.